O apresentador Tiago Leifert é conhecido pela sua trajetória no jornalismo esportivo e mais recentemente por comandar as duas versões do 'The Voice', uma para adultos e outra para crianças. Também a frente do 'É de Casa', Tiago usou o Twitter na noite deste domingo, 31, e madrugada desta segunda-feira, 1º, para falar sobre a briga entre o designer de tatuagem Laércio e a jornalista Ana Paula. A profissional da mídia chamou Laércio de pedófilo nesta semana no 'Big Brother Brasil'. Como providência do destino, os dois acabaram indo juntos para o segundo paredão dessa sexta edição. 

"Pera: a pessoa entra no BBB e reclama q tem um cara OLHANDO??", disse o apresentador ao tecer seu primeiro comentário usando o Twitter.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, depois de ser bombardeado pelos internautas, Leifert continuou: "Hmmm entendi, era o jeito de olhar. Mas continua sendo o BBB. E tem pay per view". 

As mensagens do apresentador soaram para muita gente como machista. Ele então sofreu um verdadeiro massacre e teve seu nome posto entre os assuntos mais comentados do microblog de 140 caracteres. "Vcs tao mto nervosinhos. É o BBB, é um programa que as pessoas vão se expor. Se expor pra 30 milhões pode, um cara olhando vcs surtam?", disse o comunicador. 

Tiago prosseguiu, como quem fazia a defesa de Laércio. "Vcs podem não gostar do cara, e ter o PPV, e saberem tudo. Mas continua sendo o BBB. Um programa que as pessoas vao para serem olhadas."

Após receber muitas mensagens de quem não concordava com seu pensamento, o apresentador do 'The Voice' publicou o seguinte post.

Publicidade

"A vcs chamando o cidadão de "pedófilo", esse é um crime terrível (e acusar alguem em rede social sem prova alguma tb é! Ops!)". Ele ainda criticou o nível de pessoas que não concordava com ele. "Dialogar é mto dificil no twitter, né.".

Tiago voltou a falar das reclamações de Ana Paula. "Tb acho assedio na rua nojento, so fico surpreso de alguem no BBB reclamando de estar sendo observada. é ironico sim.", Ele encerrou o assunto da seguinte forma: "O problema não é assédio nem machismo nem pedofilia. O problema aqui é sempre um só: interpretação de texto".  #BBB Big Brother Brasil #The Voice Brasil #The Voice Kids