Morreu nesta quinta-feira (24), o ator Daniel Lobo, ele que interpretou o Pedrinho, no Sítio Do Pica-Pau Amarelo, na sua primeira versão, entre 1985 a 1986. Daniel trabalhou em algumas novelas na Rede Globo, entre elas a minissérie Desejo em 1990, a novela Esperança em 2002 e por último Beleza Pura em 2008, atualmente ele se dedicava ao teatro. Daniel nasceu no Rio De Janeiro, mas atualmente morava em Florianópolis, com sua esposa Flávia Sebold (regente de coral), com quem era casado há seis meses. 

No momento estava apresentando a peça "Nise da Silveira- Guerreira Da Paz, onde além de ator, era diretor. O espetáculo estava a seis semanas em cartaz, vinha fazendo muito sucesso, já haviam feito 51 apresentações, a peça iria ficar em cartaz até 17 de abril,  mas agora em março, Daniel teve que suspende-la, pois não vinha se sentindo muito bem, tinha muitas alergias, coceiras e mal estar continuo.

Publicidade
Publicidade

Primeiramente consultou um dermatologista, mas como o problema não foi resolvido, resolveu consultar outro médico, e através de exames de sangue, descobriu um câncer maligno intestinal. 

Daniel, estava internado no #Hospital Nossa Senhora Da Conceição, onde fez uma cirurgia para retirar o tumor, respondeu muito bem ao procedimento, mas acabou passando mal, devido a um choque séptico, então os médico avisaram sua esposa de que ele poderia não sobreviver, Daniel morreu no começo da noite de quinta- feira(24).O ator foi enterrado ás 15 h nesta sexta-feira(25), no cemitério Municipal de São Ludgero, onde está enterrado o pai de Flávia, para ficar perto da família.

Flávia, conta que a #Doença, apareceu de repente, pois ele vinha se sentindo muito bem, estava sempre disposto e de bem com a vida, jamais imaginou que pudesse estar com uma doença tão séria.

Publicidade

Sua esposa declarou em rede social "Você foi um guerreiro, lutou o até o último instante, uma parte de mim que se foi, meu primeiro e grande amor, te amarei pra sempre". O casal planejava ter filhos agora em 2016, um sonho que ficou pelo meio do caminho. #Famosos