Apesar do momento delicado que vive o país e também as emissoras de #Televisão, que estão inclusive com previsão de abaixar o valor dos super-salários de seus apresentadores ricos, tem ex-diretor da emissora que não liga muito para isso. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, mandou uma "direta" para o programa "Tá no ar: a TV na TV". A atração, que é exibida toda semana no canal, foi comentada durante uma entrevista de Boni para a rádio Jovem Pan, no programa "Morning Show", transmitida nesta sexta-feira, dia 18.

Boni estava falando sobre a qualidade da maioria dos programas televisivos e usou como exemplo o "Tá no Ar", idealizado pelo humorista dos palcos e também da TV Marcelo Adnet.

Publicidade
Publicidade

O ex-diretor da Globo disse que Marcelo Adnet é sim talentoso, porém que o seu programa faz muita piada que deixa as pessoas boiando.

"Noventa por cento das pessoas não entendem", afirmou.

Ele comentou sobre mortes de celebridades que até pouco tempo brilhavam no canal.

"Perdemos o Chico Anísio. Já o Jô não faz mais, o Casseta & Planeta, que não tinham estrutura".

Sobre o humorista que criou o "Tá no Ar" ele disse que reconhece o talento, mas que um bom programa se faz com muitos escritores para pensar em como adequar a piada ao público que irá assistir.

Boni comparou paródias feitas com o apresentador João Kléber, famoso pelos seus programas sensacionalistas e que se baseiam em histórias supostamente reais.

"Ele está fazendo uma paródia sobre nada, pois ninguém assiste ao programa do João Kléber", ressaltou.

Publicidade

Para o ex-diretor, esse tipo de ataque irônico acaba virando uma piada interna, que poucos espectadores irão captar.

Novelas da Rede Record

O ex-diretor da Globo, conhecido por idealizar diversos programas de sucesso, ainda comentou sobre a programação da emissora do Bispo Macedo, a Record. Ele assumiu que a novela "Os Dez Mandamentos" foi boa, porém tem ressalvas quanto a continuidade da qualidade das produções.

"De vez em quando, a concorrência trabalha e produz. Ela não tem um elenco grande e nem um staff como o da Globo", lembrou.

Ele ainda acha que a emissora da família Marinho pode seguir despreocupada, pois o canal do líder evangélico não tem capacidade de produzir um produto semelhante aos "Dez Mandamentos".

"Tinha algumas coisas ridículas, como aquelas pessoas de saia. Pantanal também me incomodou", lembrou, fazendo referência à novela da TV Manchete. #Rede Record #Rede Globo