Que Adélia é entendedora das leis todo mundo já sabe. A sister é advogada e disputa o prêmio de R$ 1,5 milhão do 'Big Brother Brasil'. No entanto, o que pouca gente conhece são as acusações e processos que ela sofre. Dentro do reality show, a sister chegou a confessar que se envolveu em um acidente que acabou com a morte de um motoqueiro. Nesta segunda-feira, 29 de fevereiro, o ex-namorado de Adélia decidiu abrir o jogo e fez diversas acusações contra ela em entrevista ao site 'Purepeople'.

Anderson Romeiro revelou que nunca recebeu qualquer intimação da polícia. Na casa, Adélia acusou Anderson de tê-la agredido. De acordo com o ex-companheiro da sister, a intimação seria apenas mais uma invenção da advogada, que segundo ele, estaria tentando sempre parecer uma vítima.

Publicidade
Publicidade

O homem de 30 anos revelou que o namoro com Adélia aconteceu entre os anos de 2010 e 2012, mas até hoje sua família ainda sofre com os problemas deixados pela profissional da justiça. 

Os seus pais, por exemplo, processam a sister. A mãe dele, Lizete, teria emprestado mais de R$ 11 mil para a participante do programa apresentado por Pedro Bial. Esse dinheiro foi utilizado por ela para dar entrado em um carro. De acordo com Anderson, a sister pagou apenas as três primeiras parcelas. O depósito teria sido feito diretamente na corta da advogada, o que facilita, segundo Anderson, na hora de provar que ela ainda não pagou o que deve. 

O pai do rapaz também está processando a sister. Seu Edelson emprestou o seu cartão de crédito para Adélia usar nos Estados Unidos. No país governado por Barack Obama, a advogada teria gasto R$ 11 mil e até hoje não pagou o que devia.

Publicidade

Já em uma publicação feita no Facebook, Anderson fez novas acusações. Ele deu detalhes de mais um entrave judicial e diz que sua ex não é rica. O homem questiona se ela não seria caloteira por vocação. De acordo com ele, um inquérito na policial investiga cheques onde a advogada teria "exaurido" a própria assinatura e colocado em uma conta bancária que nem lhe pertence.

Anderson revela que o crime aconteceu na cidade de Suzano e atingiu o comércio local, onde os golpes teriam sido dados. Como está confinada, a profissional da justiça ainda não sabe das acusações do ex-companheiro, tampouco pode se defender.  #Famosos #BBB Big Brother Brasil #Rede Globo