Não passou batido o depoimento feito de modo coercitivo pelo ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva à Polícia Federal. O clima por conta disso se acirrou e em diversos pontos do país, manifestantes contrários e a favor do líder do Partido dos Trabalhadores (PT) se enfrentaram no corpo a corpo. No entanto, não foi só Lula alvo de protestos nesta sexta-feira, 04. Se horas depois, o próprio ex-presidente faria um depoimento contra a TV Globo, que segundo ele, imputaria um bem a ele sem ser verdade (o apartamento triplex), ainda cedo um homem sozinho já fazia sua #Manifestação contra a família Marinho, dona das Organizações Globo.

O homem, que não teve o nome identificado, simplesmente invadiu o link da Globo News, enquanto o canal a cabo de notícias dava informações sobre a vigésima quarta etapa da Operação Lava Jato.

Publicidade
Publicidade

O manifestante surpreendeu a jornalista Marina Franceschini, que estava ao vivo em Brasília, mais precisamente em frente ao Congresso Nacional. Ela conversava com uma apresentadora, que estava no estúdio, quando o protestante entrou atrás dela com um cartaz nas mãos. Nele, um hashtag que faz referência à uma suposta mansão da família Marinho na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro. 

Apesar do entrave, Marina conseguiu continuar sua cobertura, não sem antes o diretor de televisão preferir imagens do estúdio e de outros locais para preencher a transmissão ao vivo. A Globo News é alvo constante de manifestações, pois sua "co-irmã", a Globo, é mal vista por entidades políticas e sindicais. Além disso, o canal é acusado de ter apoiado a ditadura no Brasil. 

A propriedade seria utilizada pela família Marinho para descansar e está sendo alvo de uma investigação do Ministério Público, o MP.

Publicidade

A investigação acontece porque o imóvel está localizado em uma área considerada de preservação ambiental. A mansão de Paraty está dentro de um parque federal, portanto, área pública, e que não poderia ser vendida. De acordo com informações do jornal O Dia, os herdeiros de Roberto Marinho negam que sejam proprietários da casa de veraneio. #Rede Globo