Nesta segunda-feira (14), a #Rede Globo novamente não respeitou os telespectadores mais conservados, principalmente as crianças e os adolescentes. Logo no primeiro capítulo da novela "#Velho Chico", dia de estreia, a Globo abusou das cenas de fornicação e muito "nudes" com a atriz Carol Castro e com o ator Rodrigo Santoro.

De acordo com o resumo divulgado, o personagem Afrânio, papel protagonista de Rodrigo Santoro, apenas faria uma declaração de amor para Iolanda, personagem de Carol Castro. Mas a equipe de produção da Rede Globo, como sempre, para ganhar audiência e criar muita polêmica nas redes sociais, aumentou a dose de atuação dos atores na cama.

Publicidade
Publicidade

Com certeza a fórmula da direção deu certo, realmente garantiu uma ótima audiência, algo que não acontecia desde a estreia da novela "Avenida Brasil". Mas não vai ficar por aí, a novela "Velho Chico" ainda vai passar as cenas de fornicação entre Afrânio e Leonor (Mariana Nery), sua futura esposa na trama, vem aí outra polêmica, pois a cena também será muito picante para o público.

De acordo com os dados da Kantar Ibope, a Globo conseguiu marcar 34 pontos de média e, chegou a picos de 36 pontos na Grande São Paulo. Na média geral, no Brasil, a novela de Benedito Ruy Barbosa registrou 35.4 pontos de média, audiência já confirmada pelo Ibope.

Das 21h15 às 22h21, horário nobre da exibição da estreia da novela "Velho Chico", o SBT ficou em segundo lugar com 9.6 pontos de média e, a Rede Record em terceiro lugar com 7.7 pontos de média com a exibição do "Jornal da Record'. 

Voltando para as cenas polêmicas de "Velho Chico", as cenas de "nudes" também renderam também muita repercussão de memes e comentários engraçados nas redes sociais.

Publicidade

A história da novela "Velho Chico" é muita idêntica com as #Novelas rurais da Plantinada, como "Rei do Gado". Sempre começando com as rivalidades entre as famílias de fazendeiros, brigas políticas, emboscadas e até mortes de coronel e capitão, homens importantes da região nordestina. Também têm sempre a história dos filhos que deixam o campo com a desculpa de estudar nas cidades grandes. depois de um certo tempo, os filhos sempre voltam para a fazenda dos pais por causa de algum problema recente.

Até aí, tudo bem, né? Essas sinopses de novelas da primeira fase agradam muito o público de casa. O problema é, que com a passagem de tempo, os autores tiram as rivalidades das famílias e emboscadas de assassinatos, mistérios dos antigos e, trocam na última fase dessas novelas, pelas tramas dos filhos apaixonados envolvidos com os filhos de servos ou de famílias rivais, aonde acontece uma queda de audiência ou rejeição por parte do público, pois o público gosta mesmo é do estilo da primeira fase sobre briga por terra e disputa por poder político.

Publicidade

Na novela "Velho Chico" não será diferente, a terceira temporada da trama será exatamente a mesma rotina de filhos apaixonados envolvidos com filhos rivais, em outras palavras, amor proíbido. A novidade da Globo desse ano, são as cenas de "nudes" para garantir pelo menos a audiência. Mas espero, que na novela "Velho Chico", a equipe da trama troque o "romance nudes" por uma fase derradeira cheia de novidades surpreendentes das rivalidades entre as famílias e romances mais conservadores.