A Record decidiu tomar uma medida inusitada nos últimos dias, proibindo que seus jornalistas e apresentadores usem roupas que possam ser entendida como um posicionamento político. Com isso, nada de usar vermelho ou combinações que tenham as cores da bandeira nacional, verde, amarelo e azul. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, 31, pelo jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV. Curiosamente, a medida passou a valer depois que Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da emissora, decidiu romper com a presidente da república Dilma Rousseff.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, apesar de evitar política e estar mais preocupado com a evangelização de seus fiéis, Macedo não aguentava mais tantos episódios de corrupção no país.

Publicidade
Publicidade

Com a decisão dele e da igreja, o PRB ficou mais inclinado a deixar a base governista. Só não saiu de vez por conta da queda do PMDB, que está dando espaço a outros partidos menores. 

A recomendação da proibição do uso do 'Vermelho PT' já chegou ao figurino do canal. Assim sendo, nenhuma roupa do tipo pode ser encontrada no armário da emissora. Meio desavisado ou distraído sobre a nova norma, o jornalista Domingos Meirelles chegou usando uma gravata cor de sangue de seu próprio guarda roupa. Não deu outra, ele foi obrigado a tirar a peça e usar uma de cor rosa. Domingos confirma que precisou tirar a gravata, mas que foi por outro motivo, a de que a peça estaria provocando um "abatimento" dele no vídeo. A questão é que o mesmo Domingo já havia usado a mesma gravata no mesmo programa no ano passado. 

A solicitação curiosa de proibir cores de "protesto" partiu de Marcelo Silva, vice-presidente artístico da Record.

Publicidade

A mudança teria como objetivo tentar chegar a uma neutralidade no vídeo. Além das cores, manifestações contra ou a favor do governo foram proibidos de protestarem dentro da sede do canal. Recentemente, apresentadores do 'Hoje em Dia' publicaram uma foto vestidos de preto em uma rede social. O protesto visto como contra a corrupção foi vetado e os artistas obrigados a apagarem a imagem. #Entretenimento #Famosos #Rede Record