Na noite desta sexta-feira, dia 12 de março, a TV Globo apresentou em seu telejornal mais importante, o Jornal Nacional, um editorial respondendo os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins e Rodrigo Azevedo Ferrão do ex-presidente #Lula, que pediram direito de resposta ao programa. O vídeo tem duração de sete minutos e ocupou praticamente um bloco inteiro do programa, que começa às 20h.

Confira:

Entenda o caso

A reportagem do Jornal Nacional foi exibida na quinta-feira, dia 10 de março, e falava sobre a entrevista com promotores de São Paulo, em que detalham as denúncias contra o ex-presidente.

Publicidade
Publicidade

Os advogados de Lula enviaram para a Rede Globo uma carta, que fala sobre a lei aprovada no Congresso Nacional, a 13.188 de 2015. A defesa de Lula afirmou que não foi procurada pela emissora para responder as acusações de envolvimento em diversos crimes.

Diante disso, Luiz Inácio Lula da Silva pediu que o canal abrisse espaço para ele fala. Vale lembrar que essa não é a primeira vez que um político tenta dar uma resposta ao canal, à exemplo de Leonel Brizola, que nos anos 1980 fez com que Cid Moreira lesse ao vivo o que ele pensava sobre a TV Globo.

Lula, por meio dos advogados, ainda disse que a própria emissora está ferindo seus princípios editoriais, pois nem mesmo a assessoria de imprensa o consultou.

Sandra Annenberg disse que não é verdade o que foi dito na carta e que a emissora enviou um e-mail às 17h33 para o Instituto Lula, comentando uma denúncia feita pelo Ministério Público (MP) no caso Bancoop.

Publicidade

O canal fez questão de mostrar os e-mails e também trechos de todas as reportagens das quais falaram sobre o ex-chefe de Estado.

No pedido de resposta, que Lula repete que ele e sua mulher, Marisa Letícia, nunca foram donos de nenhum tríplex na região do Guarujá, litoral paulista, e em nenhum outro lugar do litoral brasileiro. Ele ainda ressaltou que seu patrimônio é o mesmo de quando se tornou presidente, no ano de 2003.

O texto dos advogados de Lula tem mais de 30 parágrafos, 89 linhas e, segundo a reportagem da Globo, não faz questão de responder às acusações. De acordo com a emissora, é apenas "crítica ao jornalismo da Globo". #PT #Rede Globo