Jô Soares está na reta final com seu programa na Globo e o público vai conhecer um apresentador bem diferente do que estava acostumado, pois agora ele pretende falar tudo que antes preferia guardar para si mesmo. No programa desta última quarta-feira (27), mais uma vez Jô criou polêmica ao demonstrar que é mesmo um petista e que não se importa de defender seus colegas. O apresentador, que comentava sobre o cenário político no Brasil, desabafou e foi às lágrimas ao comentar sobre a intolerância política que vem tomando conta dos brasileiros.

Ele estava com as "Meninas do Jô" e, como o assunto era a política brasileira, reclamou da intolerância das pessoas em relação à diversidade de opiniões sobre o tema e defendeu alguns de seus amigos que são assumidamente petistas.

Publicidade
Publicidade

Ao comentar sobre a atitude do ator global Zé de Abreu, que chegou a cuspir em um casal enquanto jantava com sua esposa em um restaurante de luxo em São Paulo, Jô disse estar espantado com o "ambiente de impaciência" que vem tomando conta do país e que a cena no restaurante com o ator é constrangedora. "Um cidadão não pode ir jantar com sua mulher que ouve insultos horríveis", disse o apresentador lembrando que o casal na mesa ao lado começou a confusão ao dizer horrores da mulher do ator e por isto ele reagiu com a cusparada, que seria uma reação de "não aguentar mais".

Jô lembrou que atualmente no Brasil já não se pode ter uma opinião política diferente, que logo a pessoa é condenada, e que o país está ficando como os deputados no Congresso.

Chico Buarque também foi defendido pelo apresentador que fez questão de dizer que o cantor já não pode mais sair de casa que acaba sendo agredido ou ofendido pelas pessoas na rua, só porque ele apoia o governo de Dilma Rousseff. Sem qualquer cerimônia, Jô Soares disse que Chico Buarque é um patrimônio do Brasil e que ao invés de ser reverenciado acaba é "sendo criticado e até mesmo agredido de forma mesquinha".

Publicidade

Até sobre a Lei Rouanet o apresentador comentou e a defendeu, lembrando que as pessoas estão confundindo tudo e que o produtor é quem pode levantar esta verba e que seria uma grande maldade acusar Zé de Abreu de viver às custas desta lei.

Já com a voz embargada, lágrimas nos olhos e bastante emocionado, Jô se desculpou pelo desabafo, mas disse que era preciso dizer tudo aquilo, fazer este desabafo. O nome do apresentador logo foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter e não faltaram pessoas apoiando e também o criticando.

E você, o que achou do desabafo do Jô? Comente abaixo!

#Famosos #Televisão #Rede Globo