A youtuber Kéfera Buchmann mirou na diversão e acabou acertando em um tema polêmico - #Racismo. Keh, como é conhecida por seus fãs, publicou em seu canal, 5inco Minutos, a paródia da música "work", de Rihanna. Após divulgação do vídeo de quatro minutos e sete segundos uma "chuva" de comentários dos internautas tomou conta das páginas.

De acordo com alguns seguidores da youtuber ela foi ofensiva utilizando blackface no clipe. Para quem não conhece o termo vem do  inglês e significa rosto negro. No início do século 20 a técnica era utilizada por atores que se coloriam de carvão para representar personagens afro-americanos de forma exagerada.

Publicidade
Publicidade

Ainda nos Estados Unidos o movimento terminou devido ao Movimento dos direitos civis negros dos EUA.

Kéfera utlizou seu snapchat na tarde desta quinta-feira (14) para desabafar com todos seus seguidores. Segundo ela  não houve nenhuma "tiração de sarro e nenhuma discriminação com as pessoas". Ainda no vídeo ela continuou dizendo. "Não entendo porque as pessoas negras ficaram tão ofendidas. Quero saber em qual trecho eu as ofendi porque eu ainda não sei", disse.

Em sua defesa ela alegou que o tom de pele do namorado Gustavo, que representou o papel de Jake no clipe. "No final há uma diferença entre o tom de pele do Gusta porque a tinta da peruca estava escorrendo. Ele já foi chamado de preto na escola só por causa do seu tom de pele". Ela ainda lembrou um episódio de quando começou a namorar com Gusta, que também é youtuber, ela recebeu uma mensagem em suas redes sociais que dizia.

Publicidade

"Não acredito que a Kéfera namora com esse macaco", revelou.

O vídeo postado nesta quarta-feira (13) recebeu mais de três milhões de acessos até o final da tarde desta quinta-feira (14). Do total das visualizações foram contabilizados 465.447 likes e 58.644 dislikes.

Gusta publicou em seu facebook um texto no qual se defendia, ele e sua namorada, das acusações sofridas. Na publicação ele começou dizendo: "Durante toda a minha vida foi alvo de preconceito. Fui chamado de macaco, neguinho e todos os outros termos racistas que vocês puderem imaginar. Ontem quando lançamos no canal da Kéfera a paródia do clipe de Work da Rihanna, onde eu interpretei o Drake, um músico que sou um grande fã, pessoas começaram a me julgar e apontar o dedo dizendo que eu sou racista porque pintei o rosto e fiz “blackface”". #Famosos #Kefera