Dessa vez, Wesley Safadão tem toda razão. Assim como diz uma de suas principais músicas, "é muito gelo e pouco whisky". A #Crise econômica vivida pelo Brasil e a falta de investimentos por parte do setor empresarial tem cortado na carne até dos principais artistas. Safadão é um dos principais exemplos de quem foi obrigado a baixar o seu "preço" por uma apresentação.

Segundo informações divulgadas pelo colunista Ricardo Feltrin, os artistas estão tendo que reduzir sua margem de lucros para seguirem trabalhando com uma agenda lotada e intensa de shows. Depois de uma sondagem feita sobre os atuais cachês dos artistas, especulou-se que a queda no valor gire em torno de até 75% do montante antigo.

Publicidade
Publicidade

No ano passado, por exemplo, o cearense Wesley Oliveira da Silva, popularmente conhecido como Wesley Safadão, ganhou as capas das principais revistas e jornais do país como um dos artistas brasileiros mais caros da atualidade. O cantor, que era a verdadeira febre do momento, estava cobrando o seu cachê em torno de R$ 500 mil a R$ 800 mil. Com a atual crise política e econômica que atravessa o Brasil atualmente, Safadão tem cobrado "apenas" R$ 200 mil pelas atuais apresentações.

O maior Safado do Brasil

Com um visual estilo samurai e um sotaque carregado do Nordeste, Wesley se autointitula o "maior Safado do Brasil" e não esconde sua malemolência e safadeza nos shows. Com músicas que brincam com os mais jovens, falam de baladas e bebedeiras, e de relacionamentos, Safadão surgiu como um verdadeiro meteoro na classe artística brasileira e tem se consolidado como um astro há mais de dois anos.

Publicidade

Em 2016, o cantor sertanejo teve a primeira vez em solo gaúcho. Ele foi uma das grandes atrações do tradicional festival Planeta Atlântida, realizado no litoral norte do Rio Grande do Sul. Na ocasião, até provou um chimarrão oferecido por jornalistas gaúchos. Mesmo com a crise que assola os empresários e os brasileiros de um modo geral, ainda está valendo a pena investir no Safadão. Com mais whisky do que gelo, é claro. #Entretenimento #Música