A Rede Globo de Televisão pode viver um momento histórico ao longo de seus cinquenta anos de existência. Nunca uma novela das seis teve média de audiência semanal superior do que uma novela das nove. Pontualmente, por conta de capítulos expressivos, já aconteceu no passado de vermos um ou outro episódio ter média parecida e até superior ao principal produto dramatúrgico da Globo, mas isso ocorrer durante uma semana ainda não. Mas se bobear, 'Êta Mundo Bom', folhetim das 18h assinado por Walcyr Carrasco pode entrar para a história como a primeira a atingir essa meta. 

Ajuda 'Êta Mundo Bom' o fato do folhetim das nove horas, 'Velho Chico', não ter conquistado até agora  o público.

Publicidade
Publicidade

Pelo contrário, a trama supervisionada por Benedito Ruy Barbosa está em queda livre. Isso não é uma novidade no horário nobre. 'Babilônia' e 'A Regra do Jogo' também não conseguiram manter a meta para o horário, de 35 pontos na grande São Paulo. '#Velho Chico' tem feito pior, não mantendo nem mesmo os 30 pontos na maior cidade do país, onde cada ponto representa cerca de 69 mil domicílios. 

Há um mês atrás, entre os dias 14 e 19 de março, a diferença entre a novela das nove e das seis era de sete pontos. 'Velho Chico' teve média semanal de 31,2. Na mesma semana, 'Êta Mundo Bom' conquistou 23,7 pontos. A obra de Walcyr Carrasco foi, no entanto, mostrando-se um verdadeiro fenômeno. Duas semanas depois, já tinha subido para 25,3 pontos, já a obra das nove horas caiu para 30,1. Menos de cinco pontinhos separavam as duas peças dramatúrgicas. 

No fechamento da semana passada, já com a nova fase de 'Velho Chico', mais queda.

Publicidade

A trama fechou com um placar de 28,8. Já 'Êta Mundo Bom surpreendeu, marcando 28,6 pontos. Ou seja, pouco mais de meio ponto separam #Novelas que são exibidas com uma diferença de três horas e com um share completamente diferente. Se esse movimento continuar, não vai demorar muito para a história de Walcyr Carrasco fechar com 30 pontos de média. Um feito realmente inacreditável para os atuais tempos. O autor tem comemorado bastante esses índices através de publicações realizadas na internet.  #Eta Mundo Bom