Que mulher nunca pensou que faria a diferença na vida de um homem. Ou que seu amado mudou após os dois se encontrarem. Pois é isso que acontece com Eliza em Totalmente Demais. Após décadas de cafajestagem, o bon vivant se apaixonou pela ruivinha e afirma ter se tornado um novo homem. Contudo, a experiência de Carolina - e de milhares de mulheres e homens pelo mundo - mostram que acreditar na mudança do parceiro pode render muitas decepções...

Amarguras à parte. Pelo menos na novela das sete parece que Arthur realmente tomou jeito. Mas na primeira oportunidade que Eliza viaja sem o namorado, Carolina vê a chance de atrapalhar o relacionamento dos dois.

Publicidade
Publicidade

Afinal, quem nunca sofreu nas mãos de uma ex mal amada também? Assim, em meio às belezas de Punta del Este, no Uruguai, vai rolar muito veneno entre a editora de moda e a Garota #Totalmente demais.

Vale lembrar que, apesar de confiante, Eliza tem ciúmes do passado de Arthur e já demonstrou isso. Como Carolina sabe muito bem desse fato, ela fica irritada quando vê a modelo falando ao telefone com Arthur e não se aguenta... Carol logo se aproxima para provocar: "Já terminou de conversar com o malandro do Arthur? A luz está caindo. O maquiador pode trabalhar?", inicia ela.

A ruiva percebe o tom arrogante de Carolina e não fica por baixo. "Você poderia não xingar o meu namorado, por favor? De 'malandro' o Arthur não tem mais nada", responde Eliza. Carol dá um sorriso irônico e continua: "É isso é o que você pensa, querida".

Publicidade

A morena lembra que conhece o bon vivant desde que a jovem usava fraldas e, naquela época, ele já era um enorme cafajeste.

Então Eliza afirma que Arthur mudou desde que se apaixonou por ela. "E você não engole isso", provoca a ruivinha. A modelo continua a conversa dizendo que seu namorado pode não ter sido sincero com a jornalista, o que não significa que ele também vai mentir ou trair em seu novo relacionamento. Ao ouvir isso, Carolina começa a rir alto e debocha: "Deixa eu adivinhar. Você é diferente. Especial. Pois eu também já me senti assim".

Com muito rancor, Carol lembra que - após algum tempo - Arthur fez com ela o que já tinha feito com todos os seus outros casos: "usou e descartou". E a jornalista encerra com uma provocação direta, dizendo que o pior cego é quem não quer ver. Mas Eliza não se abala e argumenta que Arthur a ama. Então Carol continua afirmando que ele também já havia dito que a amava. "O que Arthur ama é a sensação de estar apaixonado, não importa com quem", decreta a morena.

Para Carol, Arthur é um narcisista, por isso ele confunde o amor com um espelho. "Ele é incapaz de se entregar para alguém", define ela. Ao ver que a conversa não terminaria nunca, Eliza muda de estratégia e responde que o maquiador precisa trabalhar e agora é a jornalista quem  está atrapalhando. As duas se encaram e voltam ao trabalho. #Novelas #Conectados