Chega a hora da verdade em #Totalmente demais! Antes que o tiro de Jacaré leve Sofia à morte, Lili não perde a chance de perguntar à filha sobre os motivos que levaram a menina a fazer tantas maldades. Depois de ser desmascarada pelo parceiro e estar em seus últimos momentos de vida, a riquinha não polpa palavras para contar quem ela verdadeiramente é.

Tudo começa quando mais um plano para matar Eliza acaba mal. Para escapar da polícia - e de ser descoberta pelos pais - ela decide trair o amante e acaba levando um tiro no peito como resposta. Assim que o revólver é disparado, a sequência segue em slow motion: Jacaré foge com Eliza e Sofia cai lentamente enquanto Lili corre em direção à filha.

Publicidade
Publicidade

Rapidamente, Germano e Lili amparam Sofia. A mãe começa a chorar e coloca a cabeça da filha em seu colo. Ao ver que ela esta muito ferida, a dona da Bastille pergunta por que a jovem mudou tanto. Vendo que está em seus últimos momentos, a ex-noiva de Rafael começa a dizer a verdade pela primeira vez. Ela diz que só queria ser livre e se afastar da vida burguesa e medíocre em que vivia.

Contudo, depois de algum tempo Sofia foi gostando do perigo. "Me viciei naquilo e, quando dei por mim, tinha virado outra pessoa", explica a riquinha. Para ela, a personagem que inventou, a Nina, era verdadeiramente livre e poderia fazer qualquer coisa. "Isso me deixava com uma felicidade maluca, feito uma droga", completa ela.

Lili fica arrasada e pergunta onde ela errou na criação da filha. "Não errou. Fiz porque eu quis. Só porque era bom. Nada me satisfazia", responde Sofia, com frieza.

Publicidade

A partir desse ponto, há duas versões sobre os últimos momentos de Sofia em Totalmente Demais. Para o site Extra, filiado à Rede Globo, a jovem pergunta se a mãe ainda a ama e escuta a resposta de que Lili daria a vida por ela. "Sou sua mãe. Te amo, para sempre, não importa quem você tenha se tornado", diz a mãe.

Já o site Notícias da TV, revela que é Lili quem pergunta sobre a importância do amor na vida de Sofia. "Mas filha, e o amor? Você é minha 1ª filha. A maior felicidade da minha vida", inicia a dona da Bastille. A mãe continua contando que não esqueceu Sofia nem por um momento e que nunca deixou de amá-la. "Eu sempre pensei que tinha amor em seus olhos também", completa a esposa de Germano, aos prantos.

Em seguida, os dois sites voltam a relatar a mesma cena. Sofia olha para Lili e confessa que não sabe o que é amar. "Eu nunca te amei, mãe. Nem a meu pai, nem amei o Fabinho. E muito menos o Rafael ou o Jota (Jacaré)...", explica a falsa morta. Por fim, ela encerra confessando que nunca amou ninguém, nem a ela mesma. Após a revelação, Sofia morre e Lili implora para que os médicos a salvem. #Entretenimento #Conectados