Se mentira tem perna curta, verdade sobre a paternidade do filho de Tereza já está com pernas demais em #Velho Chico. Mas Miguel não é bobo e começa a dar sinais de que suspeita de algo errado em sua família. Por isso, seu pai adotivo tomará atitudes radicais para fazer o filho se afastar de Grotas; e o que era para ser uma ação para afastar Miguel de Santo, acabará afastando Carlos Eduardo do filho de Tereza.

Tudo começa com a chegada de Miguel à Salvador. Primeiro ele percebe que Tereza guarda um segredo e pede para ela contar toda a verdade. Depois ele reencontra Carlos Eduardo e acaba tendo uma discussão feia com o pai adotivo.

Publicidade
Publicidade

A briga é motivada pelo fato de que o jovem está disposto a trabalhar na fazenda de Afrânio. Após estudar agronomia na França, ele quer colocar sua tese de doutorado em prática

Contudo, Carlos Eduardo teme que o retorno a Grotas faça com que Miguel descubra quem é seu verdadeiro pai. E a reação do marido de Tereza acaba magoando o filho. Tudo acontece durante um café da manhã em família, ainda em Salvador. O político anuncia a oferta de um cargo político para o jovem, mas Miguel recusa prontamente, argumentando que é apaixonado pela terra.

Como Afrânio quer que Miguel seja o novo coronel, Carlos Eduardo usa esse fato para intimidar o filho. "Só digo pra você pensar bem. Quando se cansar de receber ordens do seu avô, talvez essa porta não esteja mais aberta pra você!", argumenta o político.

Publicidade

Miguel responde que não vai se cansar, pois tem um propósito e vai atrás dele. Então o marido de Tereza começa a pegar pesado de vez: "Você jogou fora a chance de continuar sua pesquisa na França, Miguel. Agora tá abrindo mão de um emprego pra virar mais um jagunço do coronel!".

Tereza fica chocada com o marido enquanto Miguel pede licença para sair da mesa. A filha do coronel repreende Carlos Eduardo por ter magoado o filho e vai atrás do jovem. Chegando no quarto, ele pede para a mãe nem tentar amenizar as coisas, pois a situação não deve melhorar. "Ele sempre discorda de mim, mãe, nada do que faço ou quero fazer tá bom o suficiente ou é o certo pra ele", desabafa o rapaz.

Compadecida, Tereza diz que Carlos Eduardo é um homem bom. Mas Miguel insiste que tem algo errado, pois sente algo "obscuro" no pai, como se ele tivesse escondendo alguma coisa a vida toda. "Acho que ele nunca foi franco de verdade", define o neto de Afrânio. Se ele soubesse o quanto está certo... #Entretenimento #Conectados