No ano passado, um grave acidente envolvendo a equipe que trabalha com o cantor Wesley Safadão começou uma enorme polêmica. Na internet, existe um boato de que o homem que diz que é 99% anjo, perfeito, mas 1% vagabundo teria falecido. A polêmica coloca ainda que Safadão teria sido substituído por um quase clone, um sósia praticamente 100% igual, não fosse por um detalhe, os cabelos compridos do novo ídolo não seriam tão bons quanto o do original. Nesta segunda-feira, 11, Wesley tentou enfim provar pela primeira vez que está vivo. Em entrevista ao 'TV Fama', da RedeTV!, o profissional da #Música contou: "sim, estou vivo". 

De acordo com boatos, Wesley estaria sendo substituído por seu primo Nathan, que realmente é extremamente parecido com ele.

Publicidade
Publicidade

Safadão disse que mesmo cansado da rotina de shows não precisou do auxílio durante suas apresentações. Uma das maiores celebridades brasileiras então lembrou que realmente aconteceu um acidente no ano passado. No entanto, por sorte dele e dos fãs, o bonitão não estava presente. "Eu não estava no ônibus que tombou”, relembrou o artista, que disse que esse foi um dos episódios mais tristes de sua vida pessoal e da carreira. 

A repórter do 'TV Fama' quis então saber como essa história ganhou tanta repercussão, saindo até em sites considerados tradicionais. O muso do forró sertanejo disse que foi um fã que acabou criando a história no dia do acidente. Além de dizer que ele estava no local, o internauta teria revelado a suposta morte de Wesley. "Aí gente, pelo amor de Deus!”, desabafou ele, que provou para a jornalista que estava mais vivo do que nunca. 

Apesar de aparecer de carne e osso na entrevista para um canal de televisão, Safadão ainda gera dúvidas se realmente está morto ou não.

Publicidade

"E alguém achou que o clone dele iria confirmar toda a teoria da conspiração", relembrou um internauta. Esse tipo de coisa com gente famosa ou grandes personalidades e´bastante comum, até mesmo presidentes já tiveram algum momento de que pessoas parecidas que se fingiam ser eles atuavam por conta da segurança. Nenhum fato do tipo, no entanto, foi comprovado.  #Entretenimento #Famosos