Wanda Simões de Pádua, mãe de Rodrigo Augusto, afirmou que seu filho não ia fazer mal à apresentadora Ana Hickmann. Ele invadiu o quarto da apresentadora, atirou em sua assessora e acabou levando tiros do cunhado de Hickmann e morreu no local. 

Segundo Wanda, seu filho luta contra um "inimigo terrível", afirmando que esse inimigo ataca a pessoa "24 horas por dia". Mas ela não explicou a frase ou se seu filho sofria de algum transtorno psicológico. Ela disse, entretanto, que não foi Rodrigo Augusto quem fez aquilo, afirmando que o que aconteceu foi uma "fatalidade".

A mãe de Rodrigo esteve segunda-feira (23) no cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Publicidade
Publicidade

Seu filho foi sepultado no local, com poucos parentes parentes por lá. Após a cerimônia, Wanda deu depoimento à imprensa. Nenhum dos demais parentes quis dar depoimento para a imprensa.

Wanda disse que seu filho era "o melhor filho do mundo" e que apenas ela o conhecia. Ela disse que não foi ele quem fez o ataque. "Era outra pessoa", disse ela. "O inimigo é terrível". Wanda ainda disse que seu filho não fez nada "com intenção". Ela disse ainda que seu filho não fumava, era sereno, caseiro e nunca usou drogas. Ela contou que Rodrigo saia de casa apenas para levá-la ao cinema ou para ir para a academia; ele era recluso e não tinha amigos, tampouco inimigos.

A mãe de Rodrigo descreveu seu falecido filho como "querido por todos" e alguém "educado e amoroso". Ela afirma que a ida dele para Belo Horizonte foi para encontrar seu irmão e conhecer a cidade e que não acredita que a viagem foi com a intenção prévia de atacar Ana Hickmann.

Publicidade

Wanda afirma que seu filho "só queria conversar" e não "fazer mal para ninguém". Ela ainda classificou o destino como "cruel", por ter tirado a vida de seu filho.

Ana Hickmann, por sua vez, afirma que tinha certeza que Rodrigo ia matá-la. De acordo com ela, Rodrigo afirmava que a apresentadora acabou com sua vida e falava frases pornográficas com objetivo de humilhá-la. "Eu vim acertar com você, vagabunda", teria dito ele. #Famosos #Casos de polícia