Antônia Fontenelle disse no seu Instagram que há três dias vem sofrendo ataques de fãs das ex-BBBs Munik e Cacau, e a maioria é de adolescentes. A atriz relata ainda que as tais agressões são por 'supostos comentários' que teria feito a respeito das moças, mas que ela nega com veemência.

Segundo a atriz, mesmo não tendo sido ela a autora dos tais comentários, foi dar uma olhada para tomar conhecimento do que se tratava e não viu nada a respeito de que elas sejam "vagabundas, golpistas e prostitutas", desabafa Fontenelle, que foi agredida através de suas redes sociais e ficou chocada, porque muitas delas já têm filhos e mesmo assim desejaram sua morte na hora do parto.

Publicidade
Publicidade

De acordo com alguns trechos postados por Antônia, ela afirma que a cerca de três dias vem sendo agredida com violência por pessoas 'fanáticas e doentes de espirito', bastante agressivas e ignorantes que se dizem fãs de um programa intitulado Big Brother Brasil e 'que nunca assistiu'.

Fontenelle tem 43 anos e é casada com Jonathan Costa desde 2015, ela está grávida de um menino. A empresária lamentou que os atasques partiram em sua maioria de adolescentes, que se mostraram frustradas e perversas, mas que em seus perfis gostam de falar de Deus. 'Pra mim o que falta no Brasil é educação',  concluiu Antônia.

Em entrevista a EGO, a ex-BBB Cacau disse não ter conhecimento a respeito das agressões feitas à atriz e que somente teria visto um comentário infeliz sobre o assunto, mas que em momento algum levou a sério e logo deletou, como é seu costume, sobre críticas negativas que são feitas ao seu trabalho, referindo-se a um comentário que Antônia teria feito sobre suas fotos no Paparazzo, perguntando maliciosamente "cadê o phootoshop da pobre moça?"

Cacau disse que não deseja o mal de ninguém, nem incentivo a violência do fã, e que talvez tenham se sentido ofendidos., explicou Cacau, que no momento curte férias com o namorado Matheus no Rio Grande do Norte.

Publicidade

Eles engataram um romance ainda na casa, na edição passada, #Ataque #Internet #Maternidade