O trailer do próximo episódio de "Game of Thrones", "The Door", apresenta uma nova personagem: uma sacerdotisa chamada de Kinvara (no texto para a audição da personagem). Interpretada por Ania Bukstein, a Mulher de Vermelho aparece no trailer usando o mesmo colar de Melisandre e um vestido vermelho.

Segundo a sinopse oficial do episódio, Tyrion procura um estranho aliado, ou seja, a sacerdotisa. No texto, Tyrion pede a ajuda de Kinvara para ajustar a percepção do povo de Meereen em relação a Daenerys.

A chegada de mais uma sacerdotisa na série, não é surpresa, já que R'hllor é uma religião estabelecida em Westeros e em Essos, e o Senhor da Luz tem vários seguidores.

Publicidade
Publicidade

A nova Mulher de Vermelho tem um pensamento diferente de Melisandre sobre quem é Azor Ahai. Enquanto Melisandre acreditava que este era Stannis Baratheon, e agora, Jon Snow; Kinvara acredita que o príncipe que foi prometido é Daenerys.

A personagem não aparece em nenhum dos livros de "As Crônicas de Gelo e Fogo", ou talvez, é introduzida em "Os Ventos do Inverno", embora George R.R. Martin não tenha falado sobre inserir novos personagens na série.

Trecho do texto da audição para a nova Mulher de Vermelho

Kinvara é apresentada a Tyrion e a Varys como sendo aAlta Sacerdotisa do Templo de Volantis, A Verdadeira Chama, a Luz da Sabedoria, a primeira serva do Senhor da Luz”.

Tyrion então lhe dá as boas vindas em valiriano e pergunta se eles podem conversar na língua comum.

Publicidade

Ela concorda e ele a agradece por ter feito a longa viagem. Ele então diz que esperam persuadi-la e Kinvara o interrompe dizendo que eles querem que os sacerdotes dela convençam o povo de Meereen de quea conquistadora do povo é a salvadora."

Eles dizem que preferem que chame Daenerys de libertadora.

Kinvara diz que eles não precisam persuadi-la, pois ela veio para ajudar e completa: "Daenerys Stormborn é A que foi Prometida. Do fogo, ela renasceu... para refazer o mundo." Ela continua dizendo que os dragões dela são um presente do Senhor da Luz.

Kinvara então diz que o que eles querem é que a rainha seja adorada e obedecida, e enquanto Daenerys está fora, eles querem ser obedecidos e adorados. Tyrion diz que se contentam em serem apenas obedecidos.

A sacerdotisa então diz que vai convocar atores e nomear sacerdotes para que espalhem a notícia de que a rainha foi enviada para liderar o povo contra a escuridão na guerra atual e na maior que virá.

Publicidade

Varys então, descrente, dá sua opinião, dizendo que Stannis havia sido apontado como O Escolhido por um dos sacerdotes, mas ele foi derrotado em King's Landing por Tyrion e depois foi derrotado de novo para sempre. Tyrion faz um comentário para tentar amenizar o que Varys disse, mas o mestre continua dizendo que acha que é difícil para um fanático admitir um erro, já que eles acham que estão sempre certos e que tudo é da vontade do Senhor.

Kinvara diz: "Tudo é da vontade do Senhor” e que todos cometem erros, mesmo os servos do Senhor.

Varys pergunta por que ele deveria confiar mais nela do que na outra sacerdotisa que aconselhou Satnnis.

"Todos são o que são e estão onde estão por uma razão", responde Kinvara, e que coisas horríveis acontecem por uma razão. Ela então cita como exemplo o que aconteceu com Varys quando ele era criança e diz que se não fosse pelo feiticeiro que o mutilou, ele não estaria ali ajudando a Escolhida do Senhor a trazer luz para o mundo. Então ela diz a frase que está no trailer:Conhecimento te fez muito poderoso... mas ainda há muito que você não sabe. E pergunta se ele se lembra do que ouviu na noite em que o feiticeiro lançou suas partes íntimas nas chamas e se ela deve lhe dizer o nome daquele que falou com ele ou onde ele vive. 

Antes de ir embora, ela diz que se eles são amigos verdadeiros, não há o que temer da parte dela.

#Entretenimento #Seriados #Game of Thrones