Nos capítulos atuais da novela bíblica "#Os Dez Mandamentos - Nova Temporada" exibidos pela #Rede Record se gerou uma grande polêmica quando Datã (Bruno Padilha) resolveu se casar de novo, decisão tomada pelo hebreu porque sua esposa Safira (Jeniffer Setti) não conseguiu engravidar. Datã então casa com  Ada (Camila Santanioni) e a engravida, com isso, os dois passam então a humilhar Safira e, por isso, o casal novo será engolido pela terra.

Louco para ser pai, Datã, em vez de buscar a Deus pela gravidez da primeira esposa, ele preferiu arrumar essa segunda esposa. Até aí tudo bem, pois, naquela época, a ordem de Deus era multiplicar a descendência de Abraão, o pai da fé, e o homem tinha direito de casar com quantas mulheres ele pudesse. Como no caso do rei Salomão, filho do rei Davi, que desposou mil esposas.

Publicidade
Publicidade

Isso porque Salomão era o homem mais rico da face da Terra e tinha condição suficiente de assumi-las. Agora vamos aos problemas dessas uniões e por que Deus, na época de Jesus Cristo, cancelou essa lei? Vamos ao exemplo de Datã e Ada: os dois estão vivendo o casório e a gravidez ao mesmo tempo, Ada humilha Safira, e a primeira esposa rebate as humilhações da segunda esposa.

A autora Vivian de Oliveira fez essas cenas polêmicas para mostrar a realidade dos casais daquela época para os telespectadores da trama bíblica da Record. Pois esse tipo de humilhações e brigas entre as esposas eram muito comuns e o marido, como cabeça da família, tentava acalmar os ânimos ou tomava uma decisão radical. Geralmente, as esposas que tinham mais filhos, eram as preferidas dos seus maridos e essas mesmas humilhavam as esposas estéreis (mulheres que não podiam conceber os seus próprios filhos).

Publicidade

Com isso, quando "Jesus, o Filho de Deus" veio ao mundo, nasceu, viveu e pregou as Boas Novas e, por fim, morreu na cruz e ressuscitou ao terceiro dia. As leis de Moisés mudaram para as palavras pregadas por Jesus Cristo e seus apóstolos. Com isso, o homem agora pode casar somente com uma mulher para não haver mais problemas de brigas e ciúmes no casamento, afirmação dada pelo Apóstolo Paulo no livro de Coríntios capítulo 7. Pois "Deus' viu que a lei antiga dos matrimônios não era boa e, por isso, mudou com a "Vinda do Messias".

Mas a má fé de Datã e Ada, os levarão à morte. Tanto que Datã, bem como a sua nova esposa, Ada, cairão na "Abertura da Terra" no terremoto provocado pelo próprio Deus por causa da rebelião liderada por Corá (Victor Hugo). Isso acontecerá nos próximos capítulos da novela "Os Dez Mandamentos" do mês de junho.

Já Safira se salvará de ser engolido pela terra juntamente com os seus dois sobrinhos, Elcana e Assir (João Pedro Franco e Leonardo Bragão), os filhos de Corá. Mas porém, Corá e sua esposa Bina (Kátia Moraes) e outros hebreus rebeldes serão tragados vivos também pelo abismo imenso. Mesmo com a situação a seu favor, Moisés (Guilherme Winter) fica muito triste com a situação dos hebreus rebeldes. #Novelas