O delegado da divisão de Homicídios de Belo Horizonte, Minas Gerais, Flávio Grossi, deu uma entrevista a jornalistas no final da noite deste sábado, 21. De acordo com o delegado, a família do atirador e fã da apresentadora Ana Hickmann sabia de seu fascínio pela modelo contratada da TV Record. Após render a loira e outras duas pessoas, Rodrigo Augusto de Pádua foi morto com três tiros na cabeça pelo cunhado da famosa, Gustavo Correa. A princípio o caso é apurado como legítima defesa, mas apenas investigações mais detalhadas serão capazes de apurar corretamente o que houve nas dependências do quarto de um hotel luxuoso da capital mineira. A expectativa é que imagens de câmeras de segurança ajudem a desvendar o #Crime

Rodrigo ao ficar sabendo que a apresentadora passaria o fim de semana em Belo Horizonte decidiu vender suas coisas para conseguir dinheiro para se hospedar no mesmo hotel que ela.

Publicidade
Publicidade

Durante uma luta corporal com o cunhado da comunicadora, disparos foram feitos. Dois tiros pegaram na mulher de Gustavo, a assessora Giovana Oliveira. Ela foi alvejada no braço e na barriga e passou por uma cirurgia de emergência que durou horas. Ainda na manhã deste domingo, 22, ela continuava internava no Biocor, um hospital próximo de onde tudo ocorreu. 

 

O delegado corrigiu uma informação passada pela imprensa, de que Gustavo teria dado três tiros na cabeça do fã fora de si. De acordo com o homem que cuida das investigações desse caso surpreendente, o atirador, na verdade, levou dois tiros na nuca e um no braço. Ele morreu no local. A arma utilizada pelo fã, que foi pega pelo cunhado da apresentadora para se defender era um revólver calibre 38 e estava com a numeração raspada. 

Em depoimento à polícia, o irmã do fã morto, Helisson de Pádua, disse que Rodrigo era um homem muito reservado, que vivia no quarto.

Publicidade

De acordo com ele, a família descobriu o perfil em homenagem à apresentadora há poucos dias. Ele disse que foi para Minas Gerais assim que desconfiou que algo estranho pudesse estar acontecendo.  #É Manchete!