O "Programa do Jô" recebeu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em uma entrevista pra lá de polêmica, devido ao momento que o país atravessa, quando Dilma Rousseff foi afastada do cargo de presidente da república e Michel Temer assumiu seu poder. FHC está lançando o 2º volume do livro "Diários da Presidência" onde conta um pouco do seu dia a dia entre os anos de 1997 e 1998.

Mas o assunto não se resumiu ao livro, Fernando Henrique também falou sobre o atual momento do país, a crise e Dilma Rousseff. O ex-presidente já foi logo deixando sua posição clara quanto ao governo Temer e que se ele acertar nas decisões e fazer com que o país saia desta crise, então terá um papel importantíssimo na história do Brasil, mas que será necessário dar todo apoio à operação "Lava Jato", lembrou FHC.

Publicidade
Publicidade

Fernando Henrique fez questão de frisar que o presidente em exercício precisar dar uma resposta aos muitos anseios dos brasileiros, pois os problemas são muitos e o povo espera uma solução. Dar uma resposta às necessidades do povo é fundamental para que Temer conte com o apoio que precisa da população. FHC ainda comentou que o Brasil precisa ter voz no mundo e que isto só irá acontecer quando  país superar essa crise, voltar a gerar empregos e o crescimento econômico ser novamente uma realidade.

"Se Michel Temer puser a economia melhor, se deixar como tem que deixar, a Lava Jato continuar  e começar a reorganizar o governo brasileiro, terá um papel na história", afirmou Fernando Henrique Cardoso a Jô Soares. A entrevista foi mostrada na madrugada desta quarta-feira (18) e logo gerou protestos e discussões nas redes sociais.

Publicidade

foi aprofundando nas perguntas, querendo saber mais sobre o que o ex-presidente achava sobre o momento atual e Fernando Henrique novamente mostrou sua posição de que não acha que o impeachment de Dilma tenha sido um golpe e que isto foi uma história inventada pelo PT que logo tratou de divulgar para o mundo e que está prevista na Constituição que, no caso de haver certas transgressões o presidente é afastado do cargo e completou dizendo que a petista não seguiu as prescrições da Constituição, principalmente no quesito orçamentário, dando suas pedaladas fiscais e o resultado foi justo.

As opiniões a respeito da entrevista de FHC para o “Programa do Jô” são muitas e nas redes sociais o bate boca continuou pela madrugada e continua na manhã desta quarta-feira.

#Televisão #Rede Globo