Um #Filme sobre a vida do apresentador Abelardo Barbosa, o "Chacrinha", já tem o nome da atriz Paolla Oliveira divulgado na imprensa, ela irá interpretar a extravagante e bem humorada Elke Maravilha, que foi jurada no programa do "velho guerreiro" nos anos 70 e 80.

O programa do Chacrinha foi um sucesso durante mais de três décadas, e o diretor Andrucha Waddington quer colocar na telona a trajetória do apresentador Chacrinha, e para começar com o pé direito, já anunciou a atriz global como uma das atrizes principais do filme.

Elke Maravilha concedeu uma entrevista a revista tititi, onde ela fala sobre o nome de Paolla Oliveira, que irá interpretá-la no filme.

Publicidade
Publicidade

Bem humorada como sempre, Elke disse que a atriz é um nome ótimo para fazer o papel dela no #Cinema: "Ela é uma ótima atriz", ressaltou Elke. 

A eterna jurada do Chacrinha disse que não estava sabendo sobre a produção de um filme sobre "painho", o nome que ela deu ao Chacrinha de forma carinhosa. 

Indagada pela repórter sobre se Paolla Oliveira havia procurado ela para dar dicas sobre sua vida, Elke Maravilha respondeu que se ela tentou procurá-la, ela não sabe, mas que se a procurou, não achou, disse às gargalhadas. Elke quase não fica no Rio, viaja muito, e acha que a atriz não deve tê-la encontrado.

O Abelardo Barbosa, "Chacrinha", será interpretado pelo ator Stepan Necessian, que já faz o papel do velho guerreiro na peça teatral, e recebeu inúmeros elogios de criticas especializados em #Teatro.

Publicidade

Para Estepan, a escolha da atriz Paolla Oliveira foi certa, segundo ele: "a atriz é muito dedicada a seu trabalho e que irá corresponder à altura, no papel da Elke Maravilha, que se tornou um ícone da tv brasileira".

A vida da atriz Paolla Oliveira está a todo vapor, já que ela, assim que terminar o filme sobre a vida de Chacrinha, voltará a atuar em uma novela da globo, "À flor de pele" de Glória Perez, que irá suceder a novela "A lei do amor" de Adelaide Amaral e Vicent Vilari, que irá ao ar em outubro, no lugar de "Velho Chico".