Atenção! O artigo a seguir explicita os eventos marcantes do sexto episódio (Blood of my blood) de #Game of Thrones e é desaconselhável que o público que não assistiu o episódio continue lendo.

O novo capítulo da saga, que foi ao ar neste domingo (29) na HBO, foi – até o presente momento – o único da temporada sem mortes – e também sem Winterfell. Ao invés disso, o episódio deu foco em outros contextos.

As tramas trouxeram surpresas. E outros eventos preparam o terreno para mais uma batalha. Confira abaixo a segunda parte dos destaques de “Blood of my blood”!

4. A agulha: Arya tem a missão de assassinar Lady Crane, mas desobedece às ordens da Casa do Preto e Branco.

Publicidade
Publicidade

Após batizar a bebida da atriz com veneno, Arya tem a oportunidade de conversar com sua vítima, o que a faz mudar de ideia.

Arya impede que Lady Crane beba o veneno e avisa que querem sua morte. A jovem Stark necessita fugir, e para tal, ela busca sua espada Agulha. no esconderijo.

5. Aliado do Alto Pardal: a confusão entre a Fé Militante e a Fortaleza Vermelha, em Porto Real, passa por um instante decisivo quando tropas da casa Tyrell chegam, a fim de evitar que Margaery passe pela Caminhada da Expiação.

Antes que qualquer batalha viesse a ocorrer, o Alto Pardal desponta um trunfo, afirmando que Margaery não deverá concretizar a caminhada por ter pago suas dívidas levando um discípulo à Fé – ninguém menos que o rei Tommen. O povo de Porto Real comemorou, porém Lannister e Tyrell lamentaram. 

6.

Publicidade

Os Freys: outro conflito se desponta em Correrrio, após os avisos de que os Freys não possuem mais o domínio da região. Walder Frey ressurge indignado com os filhos por perderem as terras para Brynden Tully, e ordena que a região seja retomada, lembrando-os que Edmure Tully é detido como prisioneiro da casa Frey.

Enquanto isso, Brienne segue viagem para Correrrio, por solicitação de Sansa, ao mesmo tempo, Jaime Lannister é enviado para o local pelo jovem rei Tommem, após ser retirado da guarda real.

Há ainda o comentário de Walder Frey, sobre as crescentes irmandades Sem Bandeiras que se desenvolvem nas redondezas. O confronto será dos grandes.

7. A nascida da tormenta: o capítulo se encerra com Daenerys Targaryen reencontrando Drogon, o maior de seus dragões, enquanto cavalgava em retorno a Meereen com seu Khalasar.

Em cima de Drogon, Daenerys discursa longamente e mais uma vez encoraja seus seguidores a acompanharem-na até Westeros, e claro, a cruzar o Mar Estreito, para que a ajudem a retomar os Sete Reinos que pertencem a ela por direito. #Televisão #Seriados