O fato aconteceu na tarde desse sábado, 21, em Belo Horizonte, capital mineira. A apresentadora da TV Record estava hospedada no Hotel Caesar Business e um homem desconhecido adentrou o local e a alvejou, acertando a sua cunhada no abdômen e no braço.

O meliante seria um fã de Ana e, segundo o irmão do autor do disparo, já havia trocado mensagens com a moça antes de driblar a segurança do hotel e chegar no quarto das vitimas. 

O que aconteceu?

Ainda não há informações oficiais contadas pela apresentadora, mas segundo a equipe de jornalismo da TV Record, emissora onda Ana trabalha, o homem teria abordado o cunhado de Ana no corredor do nono andar do hotel  e o levou até o quarto onde estava a apresentadora.

Publicidade
Publicidade

No local o meliante teria destratado Ana verbalmente. Na ocasião, o cunhado da apresentadora, Gustavo, levantou-se indo em direção ao homem, que desferiu dois tiros em direção a Ana, mas acabou atingindo a esposa de Gustavo, que é assessora da apresentadora.

Após o ocorrido Ana e Giovana saíram correndo do quarto e Gustavo entrou em luta corporal com o meliante para evitar que ele corresse atrás das moças. Informações preliminares confirmaram que Rodrigo Augusto de Pádua, o suposto fã assassino de Ana foi morto no local do #Crime. Não se sabe quem o matou. Ana e Gustavo passam bem e Giovana passou por um cirurgia. Não há informações sobre o estado de saúde da moça pós-operatório. O caso repercutiu em todo o país.

Nota jurídica

Supondo-se que Gustavo ou qualquer outra pessoa do hotel ou equipe de Ana tenha desferido um tiro no meliante ou o agredido de forma fatal, prevê o Código Penal Brasileiro que dada as circunstâncias do ocorrido, qualquer reação desse tipo é uma excludente de ilicitude, pois configura-se como legitima defesa.

Publicidade

De tal forma, um homem desconhecido, portando arma de fogo, tentou matar duas mulheres e antes disso fez o trio como refém. Dado os fatos, não houve crime quanto ao óbito do criminoso.

Ainda que seja lamentável e que a família de Rodrigo Augusto, com razão, esteja triste e sentindo a perda do ente abatido, o mesmo cometeu um crime e pagou um preço alto pelo mesmo quando houve defesa de uma das vitimas. #Famosos #Violência