A mãe de Rodrigo Augusto de Pádua, fã que tentou matar Ana Hickmann no último final de semana, afirmou em entrevista que o filho não iria fazer nada contra a apresentadora. Segundo a publicação da Folha de São Paulo, a Wanda Simões de Pádua disse que o filho lutava há algum tempo contra um ‘’inimigo invisível’’, mas não confirmou que ele sofria com depressão ou qualquer outro distúrbio psicológico. Para ela, este episódio foi uma fatalidade.

Estas afirmações foram feitas durante o sepultamento do jovem no cemitério municipal Nossa Senhora de Aparecida, em Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais. Visivelmente abalada com o acontecido, Wanda foi a única que falou com os jornalistas que estavam no local, os outros parentes que acompanharam a cerimônia de despedida preferiram não dar entrevistas.

Publicidade
Publicidade

Durante a entrevista, a mãe de Rodrigo defendeu o filho e disse que ‘’não era ele naquele momento’’ e que ‘’ele não fez aquilo com intenção de matá-la’’. Confirmando a maioria dos depoimentos feitos por vizinhos, ela afirmou que Pádua não usava drogas e nem saia muito de casa, era um ótimo filho, embora não tinha muitos amigos. “Meu filho só saia de casa para ir à academia ou para me levar ao cinema, nunca foi festas e nem usava drogas”, explicou.

Quando foi indagada sobre o motivo que fez o filho sair de Juiz de Fora para Belo Horizonte no último final de semana, ela confirmou a versão dada pelo irmão mais velho. “Meu filho foi à capital para visitar seu irmão. Tenho certeza que ele não foi até lá para machucar ninguém, mas o destino foi cruel e fez com que tirassem meu filho de mim. Agora são só lembranças dele no meu coração”

Entenda o caso

No último sábado, um jovem armado invadiu o quarto de hotel onde a apresentadora da Record, Ana Hickmann, estava hospedada.

Publicidade

O suspeito era Rodrigo Augusto de Pádua, um fã da apresentadora que afirmou ter um caso com ela e ficou desesperado depois que Ana bloqueou o perfil dele nas redes sociais. Durante a confusão, Rodrigo se descontrolou e teria atirado contra a apresentadora, mas o projétil atingiu sua cunhada que ainda se encontra hospitalizada.

Após o tiro, Rodrigo foi desarmado e morto com três tiros.  A polícia ainda investiga o que aconteceu no quarto de hotel em Belo Horizonte. #Famosos #Crime #Rede Record