No início dessa semana, todo o mundo se impressionou com a notícia de que o casal Amber Heard e Johnny Depp iriam se divorciar. A notícia chocou por que os dois eram casados há apenas 15 meses e nunca houve qualquer boato sobre qualquer problema entre eles. E chocou ainda mais após a informação de que Amber pediu divórcio apenas dois dias após a mãe do ator falecer.

A comoção foi tanta que fãs subiram a hashtag #WeAreWithYouJohnnyDepp ("Estamos Com Você") em homenagem ao ator e postaram milhares de mensagens de apoio nesse momento difícil.

Na tarde de sexta-feira (27), entretanto, a história ganhou mais uma faceta que mostra que nem tudo foi tão simples. E o casamento não deve terminar de forma nada amigável, como acreditou-se que aconteceria antes.

Publicidade
Publicidade

Amber pediu divórcio contra Depp no início da semana e agora está alegando violência doméstica, de acordo com a revista People. 

O casal se conheceu durante as gravações do filme Diário de Um Jornalista Bêbado. Eles se casaram pouco tempo depois, em fevereiro de 2015, e ficaram juntos durante 1 ano e 3 meses. Amber solicitou pensão alimentícia para o ator, que contratou a famosa advogada de divórcio de celebridades para recorrer. Amber quer que ele pague seus gastos com advogado, enquanto ele rejeitou os pedidos. Johnny Depp também quer que os rendimentos bens dos dois sejam considerados separadamente. Estima-se que o valor seja em média R$ 1,4 bilhão.

De acordo com a revista People, Amber abriu ordem contra Depp após sofrer agressão física e ficar com o olho roxo. O caso é julgado pela corte norte-americana, que busca garantir a proteção de quem sofre violência doméstica.

Publicidade

A assessoria de Johnny Depp mandou comunicado informando que o ator não responderia nada sobre "fofocas e histórias falsas" sobre a sua vida, ainda mais depois da morte de sua mãe e fim do casamento. A assessoria também informou que espera que o término do casamento seja rapidamente resolvido.

Após a revelação desse mais novo capítulo na relação das duas celebridades, "Johnny Depp" se tornou o termo mais comentado do Twitter. #Famosos