Nós últimos anos, o #SBT vem tendo amplo domínio sobre todo o conteúdo produzido pela Televisa e que é veiculado aqui no Brasil. Como se não bastasse exercer esse domínio pelo meio tradicional, a #Televisão, a emissora de Silvio Santos também começa a se atentar a um novo mercado: a internet. Percebendo a grandeza desse mercado, a emissora teme que serviços como o YouTube e a Netflix, de alguma forma, “roube” alguma parte de seus telespectadores. E a ameaça é real.

E a união entre Televisa e SBT já começa a prejudicar o telespectador brasileiro. Primeiro, com a misteriosa retirada de grande parte do conteúdo dublado da Televisa do YouTube.

Publicidade
Publicidade

Embora não tenha sido divulgada nenhuma relação entre o SBT e este fato, não fica difícil imaginar que o canal da Anhanguera tenha um dedo nisso. Essa especulação foi feita, inclusive, entre os fãs do seriado Chaves. As duas empresas estão certas, uma em proteger aquilo que produz e a outra em proteger aquilo que paga para exibir, mas é preciso que se tenha um certo cuidado, pois restringindo o acesso dos internautas as novelas apenas prejudica o telespectador, que muitas vezes quer rever uma trama antiga que marcou sua vida, mas não pode devido a ganância das emissoras.

A saída para o problema seria uma parceria entre os dois canais no sentido de trazer, rapidamente, a plataforma 'Blim' ao Brasil, com conteúdos 100% dublados. Mesmo tendo produzido e possuindo totais direitos, a Televisa não tem o direito de tratar os fãs brasileiros desta forma.

Publicidade

Primeiro permitiu que a TLN Network, canal que exibia novelas mexicanas, saísse do ar na OI TV sem nenhum tipo de resistência, depois resolveu tirar o direito do Boomerang, CNT e qualquer outro canal exibir suas produções, firmando um contrato de exclusividade com o SBT.

Novelas recentes como 'Sortilégio 'e 'Meu Pecado' não devem, de fato, estar disponíveis gratuitamente no Youtube, até por que representa um grande esforço de sua produtora, mas tramas de décadas passadas podem, sem nenhum problema, estarem disponíveis, basta a Televisa recuar. #Novela Mexicana