Quem é fã de Game of Thrones sabe que a sexta temporada do seriado está pegando fogo (literalmente e metaforicamente). Os internautas estão distribuindo teorias sobre o destino dos personagens. O site Mundo Estranho publicou as melhores hipóteses e a mais comentada e famosa delas, vai mexer com seu coração. 

Se ainda não começou a sexta temporada, é recomendado que não prossiga, pois o post contém grandes e significativos spoilers até o quarto episódio!

Apelidada de "R + L = J", é a teoria mais famosa da saga e tem grandes chances de vir a se realizar. Jon Snow é um bastardo e isso todo mundo sabe, o que ninguém descobriu ainda é quem é sua mãe.

Publicidade
Publicidade

A hipótese é simples, Lyanna Stark poderia ser sua mãe. Sendo assim, seu pai seria Rhaegar Targaryen - e não Ned Stark - filho do Rei Louco e, consequentemente, irmão de Daenerys.

O Príncipe Rhaegar sequestrou Lyanna e provocou a revolta da qual Ned Stark e Robert Baratheon participaram. Em meio a esta rebelião, Lyanna faleceu em circunstâncias ainda não reveladas. Tudo que se sabe, é que Ned a encontrou ainda em vida e ela lhe pediu que fizesse uma promessa.

De acordo com a teoria, Lyanna deve ter morrido por complicações durante o parto de Jon e a tal promessa era que Ned protegesse seu bebê de Robert e da casa dos Lannister, já que eles praticamente dizimaram a família Targaryen. Ao voltar para casa - Winterfell - com a criança, ele afirmou para Catelyn, sua esposa, que Jon era seu filho bastardo.

Publicidade

Várias evidências apontam que esta teoria está correta. A principal delas é que Ned Stark é um homem honrado acima de tudo, e logo nos primeiros episódios da série se estranha que ele tenha sido capaz de trair Catelyn e ter um filho fora de seu casamento.

Em análises feitas sobre o livro que deu origem à série, foram encontradas passagens em que Ned dá a entender que Jon não é seu filho. Um exemplo clássico encontrado no próprio seriado, é a cena em que Robert opta por assassinar Daenerys e seu herdeiro ainda não nascido, filho de Drogo, e Ned renuncia ao seu cargo de conselheiro, mão do Rei. Tal demonstração indicaria um certo afeto aos Targaryen e de certo modo, proteção de Ned a Jon.

Acredita-se que a batalha que Bran viu no terceiro episódio, quando presenciou Ned pai no passado, se passa momentos antes de seu pai receber Jon de Lyanna.

Se a teoria de fato for concreta, isso torna Jon Snow "As Crônicas de Gelo e Fogo" em pessoa. Pois ele é a União de gelo (Stark) e fogo (Targaryen).

Outro comprovante é que, no final da temporada passada, Jon Snow bateu as botas e seus votos à patrulha da noite foram cumpridos. O próprio personagem chegou a dizer para seus irmãos de patrulha que nada o obrigava a servir após a morte ou após a ressurreição. Ou seja, ainda que bastardo, ele está livre para assumir o Trono de Ferro e tem até mais direito que Daenerys já que possui sangue de dois herdeiros. #Televisão #Seriados #Game of Thrones