Mais uma briga feia entre Santo e Afrânio vai ameaçar a trégua entre as famílias rivais de Velho Chico. Afinal, nenhum dos dois está a fim de parar de discutir sobre suas diferenças de opinião. E tudo piora quando o marido de Luzia assume a presidência da cooperativa.

Como já é de se esperar, o coronel não gosta nada de saber que seu maior rival é o novo presidente da associação. Poucos dias depois da posse, Afrânio e Santo se encontram no bar de Chico e começam as provocações. "Eu estava aqui, batendo um papo com o meu povo, sobre a cooperativa", inicia o Saruê.

Santo questiona se ele pretende se associar também e provoca o coronel afirmando que qualquer um pode entrar na cooperativa.

Publicidade
Publicidade

Afrânio finge que não escutou a alfinetada e diz que só faz negócios com pessoas competentes. Mas, apesar de desqualificar a organização dos agricultores, o Saruê não desiste de descobrir mais informações sobre a cooperativa e diz que está sabendo que Santo andou colocando gente para fora do local.

O agricultor confirma que está tirando algumas maçãs podres para evitar que o restante do grupo não apodreça também. Então o coronel aproveita a fala de Santo para fazer mais uma provocação: "Já avisei ao Chico e a meu povo, então falo pra você também: quem não prestar para a cooperativa, faço questão de apoiar! Igual eu tenho ajudado por todos esses anos!"

Santo se enfurece e pergunta como o Saruê acha que está ajudando. Pois exploração do trabalho dessa gente pode ter qualquer nome, menos ajuda.

Publicidade

Em seguida, o filho de Piedade lamenta que o pior de tudo é que tem pessoas que acreditam na conversa de Afrânio... Mesmo com tantas maldades do coronel em Velho Chico.

A conversa acaba virando uma bela discussão até que o Saruê diz que o seu povo foi iludido por Capitão Rosa. Essa é a gota d'água para Santo, que fica louco por tentarem manchar a memória do capitão e parte para cima do rival. "O que foi que você falou, seu maldito? Repete se for macho mesmo! Bandido!", explode o agricultor.

Santo continua gritando que Afrânio é um bandido, mesmo que ainda não seja possível provar. Então o coronel confirma que não tem provas de nada e que desde o momento em que ele pisou em Grotas, a família do rapaz tenta incriminá-lo, mas não consegue. Por fim, o Saruê usa um tom ameaçador e deixa claro que é um erro para qualquer um tentar fazer alguma coisa contra ele. #Entretenimento #Conectados #Velho Chico