Mais um encontro repleto de sentimento acontecerá entre Santo e Tereza nos próximos capítulos de #Velho Chico! Mas desta vez eles não vão se ver à beira do rio. A 'desculpa' para o próximo encontro será a vontade da mocinha de ajudar o povo de Grotas. Confira a cena que a colunista de O Globo divulgou sobre a novela das nove!

A sequência começa quando Tereza decide ir até a cooperativa para fazer uma proposta sobre os agricultores para Santo. Desconfiado de que a namorada de infância está seguindo as ordens do coronel, ele acusa a ex de estar planejando alguma armadilha que vá prejudicar os fazendeiros.

Sem nem deixar Tereza se explicar, Santo afirma que ele é diferente dessa gente que não tem condição nem instrução para mudar a própria vida.

Publicidade
Publicidade

Ele diz que o Saruê sabe como o povo é carente e, por isso, explora os agricultores e pretende continuar se aproveitando do trabalho deles.

Tereza insiste que veio conversar com Santo, pois viu a situação que a cooperativa está passando e pode ajudar. Mas o presidente fica irredutível e os dois começam a brigar mais uma vez (lembre a primeira discussão do casal clicando aqui!). Sem paciência, Santo manda Tereza embora da cooperativa e ela volta para casa sem conseguir entrar em um acordo com o namorado de juventude.

Santo conta à Luzia

Após mandar Tereza embora, Santo fica novamente abalado com o encontro. O agricultor pensa em sua amada quando está em casa e começa a conversar sozinho: "Diabo de mulher que não me sai da cabeça! Você ainda se perde por essa diaba! Veja bem o que eu estou te falando!".

Em seguida, Santo resolve contar tudo para Luzia.

Publicidade

A esposa ciumenta pergunta o que Tereza queria na cooperativa e ele responde que a filha do coronel foi até lá tentar engana-lo mais uma vez. "E eu mandar ela embora dali!", explica ele. Vendo a raiva do marido, a morena pergunta o que ele sentiu ao ver Tereza.

Santo fica incomodado com a pergunta, mas tenta disfarçar e diz que não sentiu nada. Luzia não acredita e afirma que, se ele não tivesse sentido nada, não estaria fazendo tanta tempestade com a visita de Terê. "Eu senti ódio! Ódio, tá legal!?!", assume Santo, explicando que é o mesmo que ele sente por todos os Saruês. #Entretenimento #Conectados