O programa Linha de Passe, da ESPN, viveu momentos tensos na última sexta-feira (27). O esportivo apresentado pelo comentarista José Trajano começou de uma forma diferente: ao invés dos tradicionais comentários sobre os fatos do esporte no dia, Trajano improvisou um "editorial" sem o aval da emissora. No editorial, Trajano critica fortemente a presença de Danilo Gentili na ESPN, acusando-o de ser alguém a favor da cultura do estupro. Veja o momento do desabafo de José Trajano:

Danilo Gentili esteve na ESPN na terça-feira (24), no programa Bate-Bola, para comentar a última rodada da NBA. De acordo com Trajano, o convite da emissora para Danilo Gentili gerou grande insatisfação entre os funcionários da empresa.

Publicidade
Publicidade

Ele diz que foi eleito porta-voz desses funcionários, enojados com a presença de um sujeito que usa o estupro para fazer humor. Trajano diz ainda que o convite ao humorista foi um descuido da produção da ESPN e chama seus colegas de trabalho de alienados e alheios à situação do país. Trajano complementa que isso aumenta o estereótipo de que jornalista esportivo é alienado. Ele decidiu fazer o desabafo no ar para que as pessoas vejam sua discordância em relação aos posicionamentos do humorista.

O comentário de José Trajano foi motivado por uma postagem de Danilo Gentili,  feita em uma rede social no ano de  2012, em que dizia:  “O cara esperou uma gostosa ficar bêbada pra transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá pra um cara desses: Gênio”. No sábado (28), Danilo Gentili se justificou.

Publicidade

De acordo com ele, a postagem que provocou a indignação de José Trajano foi retirada de contexto para provocar a ira e o repúdio da sociedade. Diz ainda estar na lista negra de um partido (o PT) que paga para jornalistas e blogueiros difamarem sua imagem. "É assim que funciona a máquina de moer reputações. E você, que está lendo isto agora, paga por ela", falou. De acordo com Gentili, esta perseguição ganhou força com o início do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. #Comunicação #Resenha Esportiva