No ar como uma espécie de feiticeira em 'Liberdade, Liberdade', novela das onze da Rede Globo de Televisão, Zezé Polessa já passou por um drama pessoal no passado, em um tempo em que ela ainda era uma jovem estudante de medicina. Em uma entrevista dada à revista 'Quem', a profissional da dramaturgia contou que fez um aborto. Na época, ela ainda estava no sexto ano da faculdade de medicina. A duração total do curso é de oito anos. Ela precisou interromper o curso porque contraiu uma grave doença, a rubéola. Por conta disso, ela preferiu optar por interromper a própria gravidez. 

Segundo a integrante de 'Liberdade, Liberdade', ela já trabalhava em hospitais, ainda como "residente", quando teve contato com dois pacientes que tinha rubéola grave.

Publicidade
Publicidade

Ao cuidar dos pacientes, ela acabou também contraindo a doença. Ela ia para o trabalho de "residência" sem saber que estava grávida. Ao descobrir a enfermidade, ela ainda estava no primeiro mês de gestação. Zezé Polessa explicou que as estatísticas na época não eram as melhores para quem nascia com mãe que tinha rubéola, podendo nascer com cegueira. Ela então explicou que procurou o hospital, onde tentou explicar a situação. 

Probabilidade alta de problemas na gestação

Ao chegar no local referência de saúde, ela pediu para realizar o aborto, mas não foi fácil. Zezé contou que teve todo um processo para que o procedimento fosse autorizado. Um outro médico então decidiu agilizar a questão, porque quanto mais demora para realizar o aborto, mais chances a gestante tem de contrair algum problema.

Publicidade

À revista quem, a atriz médica contou que esse é apenas um dos motivos que a levam a defender o fim do crime para o ato de abortar. 

Desabafo sobre direitos

Zezé Polessa citou as doenças que o país está registrando com índices recordes, como a Zika, quando muitas crianças acabam nascendo com microcefalia. "É um direito! Ali era direito meu", defendeu a integrante de 'Liberdade'. Para ela, a questão também precisa ser resolvida logo pelo estado e pelas universidades. Segundo a atriz, o país vive um momento de pouca assistência governamental. #Famosos #Novelas #Liberdade Liberdade