"Meu Bem, Mel Mal", uma das atuais reprises do canal Viva, conta com diversos atores que se afastaram da TV, sendo que duas atrizes sumiram das telas, justamente depois de atuarem no folhetim, escrito por Cassiano Gabus Mendes, em 1990. São elas: Lídia Brondi e Luma de Oliveira. A última ainda trabalhou nos longas-metragens "Boca" (1994) e em "O Noviço Rebelde", em 1997. Já Lídia, abandonou a vida artística, logo após a peça "Parasital", de 1992.

A esposa de Cássio Gabus Mendes formou-se em psicologia e não quis mais saber dos holofotes. Atualmente, a profissional está com 55 anos.

Irmã de Luma, Ísis de Oliveira, que interpretou Mimi Toledo na produção, acumulou muitos trabalhos na TV, entre os anos de 1979 e 1997, quando participou de um episódio do "Você Decide" – último papel na TV - após uma passagem pela Band, emissora na qual integrou o elenco da novela "O Campeão".

Publicidade
Publicidade

Aos 80 anos de idade, Zilda Cardoso que, no final do ano passado teve sua personagem de sucesso na "Escolinha do Professor Raimundo", a Catifunda, revivida por Dani Calabresa, fez quatro trabalhos depois de "Meu Bem, Meu Mal", incluindo o humorístico de Chico Anysio, e saiu de cena após uma edição do "Você Decide", em 2000.

Porém, um caso triste envolve um dos atores da trama global: Guilherme Karan, atualmente com 58 anos, ele foi obrigado a se afastar da carreira por sofrer com uma síndrome degenerativa, conhecida como doença de Machado-Joseph, que prejudica a coordenação motora. Em janeiro deste ano, o pai de Guilherme, Alfredo Karam, revelou ao site "Ego" que o profissional já não fala mais, nem anda, porém, mantém-se completamente lúcido.

Parceiro de Glória Perez em diversos folhetins, Guilherme Karam está longe da vida artística, desde que atuou em uma obra dela, "América", de 2005.

Publicidade

O ator é bastante lembrado por uma de suas atuações mais marcantes no cinema, em um filme de Xuxa Meneghel, "Super Xuxa contra Baixo Astral", quando viveu o vilão da trama, em 1988.

Atualmente, além de “Meu Bem, Meu Mal”, o Viva reexibe “Laços de Família” e “Mulheres de Areia”, que fizeram grande sucesso em suas transmissões originais na Globo. #Entretenimento #Televisão #Novelas