O ator Aleph Vidal del Moral, 39 anos, que sumiu nesta quinta-feira (16), foi encontrado hoje por um grupo de senhoras na porta de uma igreja em Botafogo, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro.

Conta Lucimery Fernandes, que ia para a "missa na Igreja São João Batista" com uma amiga, que quando avistou Aleph sentado próximo da porta da igreja ela o reconheceu, pois soube de seu desaparecimento pela imprensa. Ela informou ainda que, ao abordá-lo, ele ficou assustado e com medo, porém ela conseguiu conversar com ele.

A secretária contou que o ator não lembrava que tinha mãe, mas sabia quem era, que tinha sido ator de filmes e #Novelas e tinha trabalhado na Rede Globo de Televisão. Lucimery e a amiga tiraram uma foto dele sentado à porta da igreja e ofereceram ajuda ao ator, mas ele fugiu em direção à praia.

Publicidade
Publicidade

Depois disso, ela entrou em contato com a polícia.

Durga Vidal del Moral, irmã do ator, fez o reconhecimento da foto enviada por Lucimery e confirmou que é mesmo Aleph. PMs em Botafogo foram ao encontro dele e o encaminharam para a 10ªDP (Botafogo), onde aguarda a família.

Segundo o soldado Zacarias, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Aleph foi encontrado entre as Ruas Mena Barreto e Paulo Barreto e que, no momento, ele estava lendo uma revista sentado em um muro de rua. Como ele portava o documento com foto, os policiais confirmaram sua identificação facilmente. Foi informado que Aleph estava um pouco desorientado, porém confirmado que era mesmo o ator.

O ator sofre de esquizofrenia desde a infância, faz tratamento com remédios anti-psicóticos. Segundo a irmã do ator, não é a primeira vez que Aleph desaparece; em 2015 ele ficou sete meses sumido e foi encontrado em Osasco, São Paulo.

Publicidade

Após ser encontrado, o ator foi internado numa clínica para tratamentos psiquiátricos e então voltou para a casa da mãe, Heloísa Vidal del Moral, no Sana, em Macaé, no interior do Rio de Janeiro.

O caso foi registrado na delegacia de Casimiro de Abreu e foi compartilhado por amigos e fãs do ator nas mídias sociais.  #Famosos #Casos de polícia