Quando Xuxa foi contratada pela Record houve uma grande promoção do programa que seria apresentado pela loira. Fora da Globo depois de tantos anos, algo que muitos duvidavam, pois assim como acontece com tantos outros #Famosos, pensava-se que a "Rainha dos Baixinhos" seria para sempre uma estrela global.

A Record mostrou que tem poder, arrancou a loira da Globo e deu um programa para ela apresentar nas noites de segunda-feira, contando com um cenário que custou mais de R$ 1 milhão e toda liberdade para Xuxa fazer e acontecer, mas o resultado não foi o esperado e a Record viu sua principal atração ficar atrás não só da Globo, mas até do SBT, pois, sem fazer nenhum investimento, o "Programa do Ratinho" vem garantindo a vice-liderança nas noites de segunda-feira.

Publicidade
Publicidade

E é no meio deste complicado cenário que #Xuxa faz uma declaração polêmica, ao afirmar que sente falta do "cheiro das crianças".

Quem estava ligado na TV na década de 80 e 90 sabe muito bem que Xuxa dominava a telinha com suas roupas coloridas, audaciosas para a época, apresentando programas repletos de brincadeiras, prêmios, musicais e muitos beijinhos. Ela vivia rodeada de crianças e em seu "Xou da Xuxa" contava com a ajuda das Paquitas para manter as crianças em ordem.

Hoje, Xuxa diz ter saudade do cheiro dessa garotada e até dos gritos deles à sua volta, principalmente no final do programa quando ela escolhia a criança sortuda que iria embarcar com ela na "nave" e assim ela se despedia de todos diariamente.

Xuxa, que dedicou tantos anos de sua vida aos baixinhos, hoje comanda um programa adulto na Record e tenta se encontrar.

Publicidade

O público é exigente e além da concorrência feroz das outras emissoras ainda tem a internet que "rouba" boa parte do público.

Muitos ainda sonham com Xuxa voltando a apresentar um programa infantil na TV que quase já não tem espaço para atrações para as crianças.

Assim, uma das maiores apostas da Record nos últimos anos se vê ameaçada e pode até ser que o programa "Xuxa Meneghel" acabe no final deste ano se não conseguir reagir. #Rede Record