No ar desde 16 de maio, quando passou a fazer dobradinha com "Cuidado com o Anjo", que estava nos capítulos finais, "Mar de Amor" tem causado estranhamento nos telespectadores por conta da dublagem.

O público mais atento da faixa "Novelas da Tarde" do canal de Silvio Santos certamente percebeu que as vozes do folhetim não são as que facilmente seriam reconhecidas de outras obras. Da mesma forma, os diálogos e até os nomes de alguns personagens causam surpresa.

Isso ocorre porque a emissora, tal qual faz a ZAP TV, da Angola, utilizou a dublagem realizada em um estúdio de São Paulo, e não o localizado no Rio de Janeiro com o qual costuma trabalhar.

Publicidade
Publicidade

No estúdio paulista, por exemplo, nomes dados no México para personagens como Trânsito e Abril não foram atualizados para outros que seriam comuns no Brasil. Adaptações que já ocorreram em diversas outras ocasiões, como no seriado "Chaves", personagem que teria sido tratado como Chavo - ou Seu Madruga como Don Ramón - caso a forma como eram mencionados no país de origem fosse mantida.

Outro exemplo ocorreu na já citada "Cuidado com o Anjo", quando Chuy mudou para Malú, que tem maior identificação por aqui. Da mesma forma, expressões, gírias, ou o texto como um todo sofrem modificações para serem adequados ao público para o qual a atração será oferecida.

No caso do estúdio de São Paulo, é possível observar que a tradução é feita ao pé da letra, com falas mais duras e formais, o que também contribui para que quem assiste aos folhetins com frequência perceba as disparidades.

Publicidade

Exatamente por isso, não é incomum notar nas redes sociais que existem torcidas para que o #SBT opte por seguir com a parceria com a empresa carioca. Os fãs, inclusive, supõem que a mudança aconteceu porque o estúdio do Rio já estava trabalhando com duas obras quando a emissora da Anhanguera decidiu por transmitir uma terceira produção inédita – ou que o SBT preferiu fazer um teste para avaliar a recepção dos telespectadores.

A questão, no fim das contas, é que gostando ou não a história estrelada por Zúria Vega registra audiência similar às outras #Novelas, ou seja, a dublagem, apesar de diferente do habitual, não sofreu rejeição. #Novela Mexicana