O autor da saga literária que embasou a série “#Game of Thrones”, George R.R. Martin afirmou (via Revista Super Interessante) que por mais que suas narrativas sejam inventadas, muitos acontecimentos do mundo real se assemelham, ou servem de inspiração, a eventos do seriado. Como, por exemplo, a Guerra das Duas Rosas, que ocorreu na Inglaterra entre 1455 e 1485.

'A Batalha dos Bastardos' - contém spoilers

O nono episódio da temporada, trouxe os bastardos Jon Snow – da casa Stark – e Ramsay Bolton – bastardo de Roose Bolton que foi legitimado, disputando o controle de Winterfell. Sendo um dos maiores espetáculos da série, durando cerca de 20 minutos, Jon Snow enganou a morte algumas vezes e escapou por pouco, guerreiros escalando uma pilha de cadáveres, Wun Wun (o gigante) esmagou diversos oponentes, até que enfim, Ramsay “sádico” Bolton foi derrotado.

Publicidade
Publicidade

Esse conflito se assemelha bastante com o último da Guerra das Duas Rosas – longa rivalidade e combate entre as famílias Lancaster e York - a Batalha de Bosworth Field. Ricardo III, foi um autoproclamado rei da Inglaterra (da família York) que lutou em Bosworth contra o Lancaster banido, Henrique Tudor.

Confira as similaridades entre Bosworth e Winterfell: 

  1. Quantidade desleal: A tropa aliada de Jon e Sansa, reunidas com dificuldade, contava com menos de 3 mil homens. O exército de Ramsay tinha 6 mil soldados. O caso foi parecido na vida real, Ricardo III liderava 15 mil soldados, enquanto Henrique Tudor comandava somente 5 mil. O time maior contou ainda com um arsenal de 140 canhões, assim como Ramsay que possuía uma equipe de arqueiros enorme. De todo modo, a batalha foi vencida por Henrique Tudor – e Jon Snow.
  2. Estratégias: É preciso admitir que Ramsay foi um excelente estrategista, dividindo sua tropa em quatro equipes: cavalaria, arqueiros, os que se organizaram em cerco e ainda os que se esconderam sob os cadáveres, como elemento surpresa. Ricardo III fez algo semelhante e organizou seu exército em três grupos. Henrique, deixou suas tropas no comando do Conde de Oxford (Sir Davos?), e não entrou na batalha. Ricardo resolveu atravessar a arena e matar Henrique - do mesmo modo que Jon e Ramsay. Contudo, Ricardo morreu ao se separar de seu exército, pois foi cercado pelos soldados Tudor e assassinado. 
  3. Covardia vs Coragem: Snow foi com tudo para a luta, enquanto Ramsay se manteve de fora. Henrique Tudor não mergulhou na batalha, já que não sabia lutar. Já Ricardo III, entrou na guerra e ainda – segundo dizem - lhe ofereceram um cavalo como meio de fuga, e ele prontamente se negou a fugir, afirmando "hoje, ganharei ou perecerei como um rei".
  4. Reforços: Após os soldados dos Bolton cercarem os defensores da casa Stark, tudo parecia perdido. Até que os soldados do Vale, comandados por Mindinho – graças a carta de Sansa – chegam para ajudar. Em Bosworth Field também aconteceu algo do gênero, Thomas Lord, padrasto de Henrique, enviou mais 6 mil homens para apoiar seu exército de 5 mil soldados.
  5. A morte bárbara: Os fãs sabem do que Ramsay Bolton era capaz, e o tipo de coisa que ele gostava de fazer. Sua morte foi cruel, e merecida. Após levar uma surra de Jon Snow, o bastardo Bolton foi atado a uma cadeira e deixado para ser devorado vivo pelos próprios cães.

Ao fim do conflito, Ricardo III foi golpeado com um machado na cabeça e graças ao seu elmo ele não morreu.

Publicidade

Seus inimigos esfaquearam seu rosto, e por fim uma espada foi atravessada em seu crânio. O corpo do ex-rei foi despido, enlaçado conforme seu brasão – um javali, e enviado em cima de um cavalo para Leicester, onde ficou dias a fio exposto em praça pública. #Televisão #Seriados