Nota: O conteúdo da matéria contém spoilers!

No último dia 12 de junho, foi ao ar “No One” o oitavo episódio da sexta temporada de “#Game of Thrones” – que está chegando ao fim. No capítulo anterior, Arya havia sido atacada e esfaqueada, a mando da Casa do Preto e Branco. E sem demoras o novo episódio trouxe Arya pedindo ajuda de Lady Crane – a quem a pequena Stark não pôde assassinar. A atriz sutura o ferimento e sugere que ela entre para o teatro, porém, Arya se nega por não estar a salvo em Braavos, e diz que irá à “beira do mundo”, onde o mapa de GOT acaba.

Tyrion velejará à Westeros em missão sigilosa, e, ao se despedir de Varys, afirma que precisarão de Daenerys Targaryen para consolidar a paz em Mereen.

Publicidade
Publicidade

Pouco depois, o que Tyrion temia, acontece – de novo. Alarmes soam, avisando que os Mestres vieram a Mereen para pegar sua posse.

Em Porto Real, militantes da fé vão à Fortaleza Vermelha para levar Cersei para se reunir com o Alto Pardal. Ao se recusar, os militantes tentam obrigá-la e Montanha a protege, tirando a cabeça de um deles. Sim, a rainha-mãe enfim optou pela violência. No entanto, a situação dela está bastante delicada. Em um pronunciamento, o rei Tommen proclama que o julgamento de Cersei ocorrerá antes que o mês termine, e, para o choque da mãe, revoga o julgamento por combate, que seria a tática com a qual Cersei pretendia ganhar.

Por falar em Lannister, Jaime tem que lidar com a resistência em Correrrio. Brienne e Podrick chegam ao local do cerco e então Jaime e a ex-parceira de jornada encontram-se em lados distintos da disputa.

Publicidade

Todavia, Jaime permite que Brienne entre em Correrrio a fim de negociar com Peixe Negro, para que ele e sua tropa fossem ajudar Sansa no Norte. Ao adentrar em Correrrio, Peixe Negro deixa claro que não irá abrir mão da região para ir ajudar Sansa. Jaime, sem alternativas, ameaça o então refém, Edmure Tully, e avisa que irá castigá-lo caso ele não convença seu tio, Peixe Negro, a ceder.

Ainda que o tio não concorde, a armada Tully o reconhece como seu primeiro comandante. Edmure consegue convencer que cedam ao exército Lannister, e Peixe Negro padece batalhando sozinho – porém, antes auxilia na fuga de Brienne e Podrick. Menos um aliado para a batalha que Sansa e Jon enfrentarão.

O episódio se encaminha para o fim brilhantemente. Em uma entrada épica, e a muito aguardada, Daenerys chega montada em seu dragão, em Mereen, para assumir o controle. Os Mestres que se cuidem!

Cão de Caça surge encontrando integrantes da Irmandade Sem Bandeiras -responsáveis por dizimarem os camponeses com quem estava morando – e ele a assassina.

Publicidade

Cão localiza os líderes Beric Dondarrion e Thoros de Myr organizando o enforcamento dos desleais que atacaram o grupo, e em uma manobra de vingança e provações, Cão de Caça entra na Irmandade.

Finalmente, o episódio retorna para o destino de Arya. A empregada da Casa de Preto e Branco descobre seu paradeiro, acobertada por Lady Crane, Arya escapa, mas as cortinas se fecharam de vez para Lady que terminou morta. Arya retorna a Casa de Preto e Branco, onde Jaqen acha a face da empregada pendida na parede. Jaqen afirma que Arya não é ‘Ninguém’, e a garota bate o pé e replica afirmando sua casa e seu nome, e avisa que voltará para seu lar. #Televisão #Seriados