Então, “#Game of Thrones”, a famosa série da HBO, deu adeus à sua sexta temporada no último domingo (26), com o episódio “Os Ventos do Inverno”, que foi aclamado pelos fãs e pela crítica, sendo considerado o segundo melhor da temporada, perdendo apenas para seu antecessor “Batalha dos Bastardos”. Porém, como nada é perfeito, houve um ponto específico que incomodou bastante o público: a incoerência temporal de alguns personagens - para estes os fãs afirmaram de bom-humor que eles haviam utilizado teletransporte.

Em tentativa de esclarecer os casos particulares onde ocorreram a incongruência, o produtor e roteirista Bryan Cogman utilizou sua conta oficial do Twitter para enunciar que os “saltos temporais” seriam a melhor alternativa para ilustrar do que “perder” vários episódios consecutivos mostrando o personagem percorrendo longas distâncias em Westeros.

Publicidade
Publicidade

Segundo a publicação dele: "Ok, algo que determinadas pessoas me questionaram. As linhas temporais dos vários núcleos não fundamentalmente estão atreladas sempre", e completou "Gravamos dessa forma para fugir de coisas como, por exemplo, Arya ficar vários episódios em um navio."

De acordo com ele, a equipe responsável por roteirizar a série arriscou manter uma linha temporal única na 1ª temporada, mas concluíram logo que era uma besteira. Afinal, GOT acompanha a história de diversos personagens em várias partes diferentes do universo fictício.

Bryan Cogman prosseguiu, "Ah, as pessoas podem pensar que me irrito com isso, mas não me aborreço. Eu me compliquei na temporada inicial arriscando manter tudo equiparado. Logo notamos que desse modo, assassinaríamos o ritmo. Bom, é isso."

Logo, os acontecimentos da season finale e seus personagens não podem ser comparados pois acontecem em tempos distintos.

Publicidade

E principalmente quanto ao núcleo de Arya, não se pode reclamar, foi fantástico ver a jovem Stark retomar sua listar e riscar o nome de Walder Frey - do mesmo modo como Catelyn Stark foi morta, assim como seus filhos -, de modo muito mais criativo, para vingar a traição cruel de sua família no Casamento Vermelho. #Televisão #Seriados