Katy Perry é uma das cantoras mais bem sucedidas dos últimos anos, e também uma das estrelas com mais seguidores em redes sociais, o Twitter tem mais de 89 milhões de seguidores. Apesar de ser uma celebridade, ela não se salvou de ataques cibernéticos, como o que recentemente sofreu quando hackers tomaram sua conta no Twitter e lançaram vários tweets. O perfil da cantora sofreu um ataque cibernético e os hackers lançaram vários tweets, incluindo um para a Taylor Swift, com quem brigou há mais de um ano.

Primeiro, o hacker enviou uma mensagem para Keemstar, uma estrela do YouTube, Eles também escreveram para a cantora Taylor Swift, cuja amizade terminou há algum tempo depois de uma suposta briga por alguns dançarinos.

Publicidade
Publicidade

No tweet se lê "I miss you baby @taylorswift13", que traduzido para o português fica: “sinto saudade de você”.

Mensagens homofóbicas e racistas foram enviadas para alguns de seus seguidores. Os tweets já foram retirados da conta e até agora nem a cantora e nem os seus representantes emitiram um comunicado sobre o que aconteceu. De acordo com publicações da Billboard e do The Hollywood Reporter, a conta foi recuperada rapidamente e os tweets foram apagados sem a emissão de declarações sobre o que aconteceu com o perfil da Katy.

Katy não é a primeira (nem a última) grande celebridade hackeada nas redes sociais. Ian Somerhalder, Selena Gomez, Nicole "Snooki" Polizzi e Donald Trump estão entre as estrelas que sofreram violações de segurança em suas contas na internet.

Katy Perry perdoa a infidelidade Orlando Bloom

Depois da infidelidade ator do britânico, Katy Perry e Orlando Bloom voltaram a namorar e, aparentemente, a cantora californiana perdoou o recente "affair" do seu namorado com Selena Gomez.

Publicidade

Eles foram vistos desfrutando de um passeio em um iate ao longo da costa de Cannes. A edição digital do jornal "Daily Mail" divulgou fotos em que Bloom beija e abraça Gomez em Las Vegas. Katy Perry e Orlando Bloom nada declararam até agora sobre o escândalo. #Famosos #Música #Dentro da política