A morte de Terenciano não traz a paz que Dionísia tanto anseia em Liberdade, Liberdade. Após um reencontro digno de filmes de terror com o marido, a fidalga conseguiu reagir às agressões e matou o vilão. E da mesma forma com que era tratada com requintes de crueldade, ela também agiu de maneira fria ao emparedar o comerciante vivo na senzala de sua casa.

Mas o pesadelo não termina por aí... Nos próximos capítulos da novela das onze, Dionísia entra em desespero ao ver a peruca de Terenciano em sua cama. O objeto está repleto de lama e sangue, como se tivesse acabado de sair da parede, o que deixa a tia de Joaquina em estado de choque por acreditar que está sendo assombrada.

Publicidade
Publicidade

E as surpresas do falecido não param na peruca. Algum tempo depois, um dedo do marido aparece dentro da caixa de joias de Dionísia. Para não ter como negar que se trata de uma parte do corpo de Terenciano, o dedo escolhido traz a aliança de casamento dos dois.

Todas as ações do suposto fantasma tomam uma proporção maior para Dionísia por conta do assassinato de Raposo. Sem o irmão, a fidalga se sente sozinha e desprotegida. Assim, ela chega a acreditar que o marido que matou realmente está de volta à vida. A crueldade é tanta que ela encontra a peruca de Terenciano quando está voltando do funeral do pai de Joaquina. Com o choque, os sobrinhos e escravos chegam ao quarto e já encontram a fidalga desacordada.

Segundo o site Notícias da TV, o roteiro de Liberdade, Liberdade aponta que Maitê Proença deve ficar fora do mundo, com olhar vidrado como de um louco.

Publicidade

Assustada, ela começa a prestar mais atenção ao barulho do vento e conclui que a morte está lhe chamando. André e Joaquina ficam sem ação diante da morbidez da tia. Para mostrar a gravidade do choque, Blandina terá algumas cenas maquiando e vestindo sua patroa, enquanto Dionísia permanece muda e distante.

Assim, a escrava fica preocupada e conta à Joaquina que Dionísia matou o marido após ser estuprada mais uma vez. A filha de Tiradentes, que não acredita em assombração, logo suspeita que alguém está tentando assustar a tia e pede ajuda a Rubião. Como o intendente está disposto a reconquistar a ex-noiva, ele garante manter segredo sobre o crime e investigar quem estaria plantando os pertences de Terenciano no quarto da fidalga.

E adivinhe quem é o fantasma de Liberdade, Liberdade? Gaspar! O jovem descobre o crime e começa a se divertir às custas de Dionísia. #Novelas #Conectados #Liberdade Liberdade