Maria Gadu entrou para o "The Voice" substituindo Ed Motta e foi ser assistente da Claudia Leitte durante as batalhas na segunda temporada da atração, só que não gostou muito da experiência. Ela revelou até que ficou chocada, mas na época seus comentários agradavam bastante ao público que certamente já está lamentando sua saída do programa. A rápida passagem da cantora pelo "The Voice Brasil" foi muito elogiada por quem assiste ao programa e muitos admiravam seu posicionamento profissional diante dos candidatos.

De acordo com Maria Gadu, o que a fez decidir pela saída do "The Voice" foi o fato dela encontrar uma "galera" muito sedenta por sucesso e ter ficado mesmo assustada com esta necessidade de precisar procurar uma voz.

Publicidade
Publicidade

Na opinião dela, o caminho artístico não deve ser este. Exigente, Maria Gadu desabafou e disse que é preciso muito mais que isto, que se deve verificar o conteúdo da voz e até mesmo a mensagem que a pessoa está querendo transmitir.

A participação da cantora no reality musical da Globo foi de grande importância, o público logo se identificou com seu ponto de vista como auxiliar de jurada e muitos achavam até que ela deveria ocupar o lugar de Claudia Leitte, mas Gadu não quer saber mais de "#The Voice Brasil" e acredita que todo artista deve buscar ter muito mais que isto em sua carreira, principalmente se estiver no início. "Eu não vi um conteúdo da voz, qual a mensagem que você quer transmitir", desabafou.

Mas as críticas de Maria Gadu não foram exclusivamente à Globo, ela foi dura até com seu próprio sucesso e contou que quando atingiu o auge da fama acabou ficando com um nó na cabeça, já que não conseguia compreender por qual motivo estavam colocando os ingressos para seus shows a um preço tão alto.

Publicidade

Para ela, hoje o artista está em um "lugar" que não lhe agrada e isto é culpa da indústria da fama.

Ela revelou que conseguiu entender isto porque chegou ao topo do ranking, onde o mercado exige que o artista seja rico, ganhe uma fortuna e tenha uma vida luxuosa. Para Gadu, a cultura jamais poderá ocupar um "lugar de luxo". #Famosos #Rede Globo