O padre Fábio de Melo, uma das celebridades do Twitter e que agora vem fazendo sucesso também no Snapchat com seus divertidos vídeos, usou as redes sociais desta vez não para fazer graça, mas para tratar de um assunto bem sério, pois ele pediu perdão por um gesto seu que vinha sendo muito criticado há algum tempo.

Há um vídeo circulando pela #Internet, que vem sendo alvo de diversas críticas, em que padre Fábio comenta sobre a violência doméstica presente no dia a dia de tantos brasileiros. O padre pop das redes sociais chegou a dizer que "o agressor só se torna agressor porque a vítima o autoriza".

A declaração do clérigo caiu como uma bomba, e logo ele foi acusado de ser machista, pois estaria culpando as mulheres por serem agredidas pelos maridos, como se elas fossem as culpadas dessa violência que tem crescido tanto no país.

Publicidade
Publicidade

Através de seu perfil no Twitter, padre Fábio postou uma mensagem nesta segunda-feira (27) em que explica a um de seus seguidores a respeito do vídeo que foi gravado no ano de 2006, mas que até hoje é motivo de muita discussão em torno do problema. O padre explicou que ele nunca quis culpar a vítima por sofrer uma agressão do marido, apenas quis salientar que as mulheres que não denunciam o marido acabam por reforçar o agressor.

Mesmo com esta explicação, as opiniões continuaram divididas. Uma seguidora logo respondeu ao padre para que ele não se preocupasse, pois todos sabem o que exatamente ele quis dizer.

Publicidade

Entretanto, algumas pessoas não ficaram satisfeitas com o pedido de perdão, e alegam que ele indiretamente repetiu o que foi dito há dez anos, que a vítima é culpada da agressão sofrida.

Outras mensagens foram sendo postadas pelo padre, em que ele se mostrou desconfortável em ser promotor daquilo que abomina, e que de forma alguma se pode culpar a vítima e reconheceu: "Se fui infeliz na linguagem, resta-me retratar".

Para finalizar seu pedido de perdão, padre Fábio de Melo contou que cresceu entre as minorias e que jamais ficou longe do sofrimento que ele viu de tão perto: "Por isto faço questão da retratação".

Será que as pessoas vão perdoar o padre? Ou ele continuará sendo criticado pelo que disse em 2006? Deixe abaixo seu comentário! #Famosos #Comportamento