A TV Globo está exibindo pela segunda vez no "Vale a Pena Ver de Novo" a novela "Anjo Mau", remake da obra de Cassiano Gabus Mendes (1976), escrita por Maria Adelaide Amaral em 1997.

No Brasil, é a terceira vez que a trama vai ao ar, já que em 2013 foi transmitida pelo canal Viva. No "Vale a Pena ver de Novo", no entanto, os índices de audiência não são comemorados nos bastidores, pois estão abaixo do desejado - a antecessora, "Caminho das Índias", também não conseguiu repetir os feitos de "O Rei do Gado", veiculada no ano passado.

Boa parte dos atores que se destacaram na obra migraram para a Record. São os casos de Leonardo Brício, Raul Gazolla, Licurgo Spinola, Luciano Szafir e Samara Felippo, sendo que os dois últimos estiveram na primeira fase de "Os Dez Mandamentos", atual sucesso da emissora de Edir Macedo.

Publicidade
Publicidade

Protagonista do remake de "Anjo Mau", Kadu Moliterno deixou a Globo recentemente para assinar com a concorrente, já que perdeu contrato fixo com a rede carioca e estava fechando acordos por obra, como a maioria dos que atuam no canal na atualidade. Moliterno é um dos destaques de "A Terra Prometida", novela bíblica que substituirá "Os Dez Mandamentos".

Já Leonardo Brício, que passou a última década com personagens de destaque na Record, rompeu com a emissora e tem dado entrevistas demonstrando certa insatisfação, inclusive, evidenciando que não aceitou mais trabalhos no canal por não desejar ficar marcado com papéis inspirados no livro sagrado.

Ele tentou, inclusive, voltar à Globo em "Velho Chico", mas o desejo de trabalhar novamente em uma obra de Benedito Ruy Barbosa não deu certo - ele foi um dos principais nomes da já citada "O Rei do Gado" na primeira fase.

Publicidade

Além disso, a lista dos profissionais que faleceram inclui Ariclê Perez, Regina Dourado, Ada Chaseliov, Carlos Kroeber, Thelma Reston, Átila Iório, Sérgio Viotti, Claudio Correa e Castro e José Lewgoy.

A Globo ainda não bateu o martelo sobre a substituta de “Anjo Mau”. O noticiário televisivo aponta que a emissora pode reapresentar no “Vale a Pena Ver de Novo” , também pela segunda vez, “Alma Gêmea”, de Walcyr Carrasco. #Televisão #Novelas #Rede Globo