O SBT já investiu em futebol como forma de garantir uma boa audiência, mas já se passaram muitos anos desde que a emissora deixou o esporte de lado para investir em outras atrações. Só que o mercado mudou, a internet chegou para roubar a audiência da televisão e Sílvio Santos resolveu rever seus conceitos. Agora ele até já pensa na possibilidade de vir a fazer uma parceria com a Globo para transmitir o "Campeonato Brasileiro".

Diretores das duas emissoras se encontraram para debaterem a ideia, nesta última terça-feira (14). As negociações estão avançadas, porém nada ainda ficou definido.

Muitos não fazem nem ideia que no passado a emissora do Sílvio Santos foi um dos grandes destaques na transmissão do futebol.

Publicidade
Publicidade

Isto se deu na década de 90, quando o #SBT resolveu mostrar tanto a Copa Mercosul como também a Copa do Brasil, dois grandes sucessos na época; quem acompanhou na época se pergunta até hoje porque deixaram o futebol de lado se garantia tanta audiência.

Uma curiosidade é que, em 2003, o SBT resolveu mostrar o Campeonato Paulista e também a Copa de Ouro, só que a Globo também transmitiu o regional de São Paulo e as duas emissoras deram início a uma briga judicial. Anos depois, elas querem se unir e tentar, de forma amigável, transmitir o esporte favorito dos brasileiros.

A Globo encerrou sua parceria com a Band e com isto surgiu uma ótima oportunidade para o SBT começar a investir nesta área que tanta audiência deu no passado. A chance da emissora da família Marinho fechar uma parceria com Sílvio Santos é pequena, mas existe; entretanto, dependerá quase que exclusivamente de Sílvio Santos.

Publicidade

De um lado a Globo tem grande interesse na parceria, pois vem encontrando dificuldade em fechar acordo com outra emissora, só que do outro lado tem o SBT preocupado com as imposições que a concorrente faz.

Transmitir as partidas de futebol sem dúvida alguma elevaria a audiência do SBT, mas Sílvio Santos teria que pagar um alto preço, tendo que aceitar as imposições feitas pela toda poderosa Globo. Resta saber agora se "o homem do baú" irá aceitar, ou se manterá sua programação como está, sem abrir espaço para as partidas de futebol. #Televisão #Rede Globo