Martim chegou para agitar a vida dos personagens de #Velho Chico. E não será apenas Beatriz que ficará abalada com a presença do filho do coronel, Miguel também encontrará o amigo que ele tanto precisa. Com o espírito livre em comum, o filho de Tereza se identifica com o tio e os dois se tornam parceiros na luta pela terra... e pela felicidade.

Contudo, nem todos os conselhos de Martim ajudam Miguel. Ainda sem saber que o sobrinho é filho de Santo (quando tudo aconteceu, o filho do coronel era apenas uma criança), o fotógrafo percebe a aproximação de Miguel e Olívia e acredita que os dois jovens podem se dar bem juntos.

Publicidade
Publicidade

Segundo a colunista do site O Globo, tudo começa quando Martim encontrar o sobrinho conversando com Olívia. Os jovens mostram muita intimidade durante o papo na cidade - nem parece que Santo pediu para a filha se afastar de Miguel.. Então o fotógrafo observa a cena e faz questão de perguntar ao sobrinho o motivo de tanto papo com a herdeira do grande rival de coronel Saruê.

Mostrando animação com a nova amizade, Miguel explica que Olívia o convidou para participar de um projeto. A ideia da menina é ajudar os pequenos produtores e, com os conhecimentos do doutorado do jovem, o trabalho tem muita chance de sair do papel. O neto de Afrânio ainda enche o projeto da moça de elogios, dizendo que é "muito bom, bem feito e bem fundamentado".

Com brilho nos olhos, Miguel continua: "se fizer direito, ajudará muito os pequenos produtores. E, além disso, está dentro da minha área de pesquisa".

Publicidade

Martim se comove com a empolgação do sobrinho e dá total apoio. Ele argumenta que o filho de Tereza precisa encontrar o seu próprio caminho e realizar o sonho de trabalhar a sustentabilidade com a terra. 

Martim lembra da importância de ajudar os pequenos produtores, que são os mais prejudicados pelos desmandos do coronel. Por fim, ele apoia a aproximação de Miguel e Olívia: "Não conheço essa menina ou essa tal de sintropia... mas sei que ajudar os pequenos produtores é muito mais louvável do que ajudar o Saruê". #Novelas #Conectados