Desde que a TV foi inaugurada no Brasil, em 1950, muita coisa já foi ao ar. Quem nasceu no final dos anos 80 ou início dos anos 90 deve se lembrar dos 10 programas que listamos aqui. Tem cada pérola.

Leão Livre (Record)

Ratinho apresentava o “Ratinho Livre” na Record e deixou a emissora em 1998, quando foi contratado pelo SBT. Para o seu lugar, a emissora de Edir Macedo escalou Gilberto Barros, que passou a apresentar o “Leão Livre”. Nos primeiros programas, havia um leão dentro de uma jaula no palco. O show de horrores durou pouco mais de um ano.

Note e Anote (Record)

O programa da Record estreou em 1991 e ficou no ar por quase 15 anos.

Publicidade
Publicidade

Ana Maria Braga apresentou a atração que ensinava receitas entre 1993 e 1999. A apresentadora saiu por desentendimento com a direção da emissora e logo foi parar na Globo, onde apresenta até hoje o “Mais Você”. Louro José já era parceiro de Ana Maria desde os tempos de Record.

H (Band)

Lembra da Tiazinha? O "H", com Luciano Huck, foi ao ar em 1996 nas tardes da TV Bandeirantes.  Lógico que o programa de auditório teve que mudar de horário. O sucesso fez Tiazinha ganhar um programa próprio, dando lugar à Joana Padro, a Feiticeira. Depois disso, Huck foi contratado pela Globo em 1999 para apresentar o Caldeirão.

Quem sabe, Sábado (Record)

Renato Barbosa, falecido em 2013, apresentou o programa “Quem sabe, Sábado”, na Record. A atração musical foi exibida entre 1996 e 1998, quando Raul Gil assumiu as tardes de sábado da emissora.

Publicidade

Jovens Tardes (Globo)

O programa foi dirigido por Marlene Mattos e contava com Wanessa Camargo, Pedro e Tiago e o trio KLB na apresentação. Foi exibido entre 2002 e 2004 nas tardes de domingo. Após o fim do programa, Marlene Mattos se desligou da Rede Globo.

Cor de Rosa (SBT)

O programa foi exibido de segunda a sexta entre agosto e novembro de 2004. Foi uma das primeiras aparições de Silvia Abravanel à frente de uma atração televisiva. A filha de Silvio Santos apresentava o programa sobre o mundo artístico ao lado de Décio Piccinini.

Ilha da Sedução (SBT)

O reality show foi ao ar em 2002, logo depois do final da 3ª edição da Casa dos Artistas. “O Gugu me disse que esse programa vai dar mais audiência que a Casa dos Artista”, disse Silvio Santos, antes da estreia do reality apresentado por Babi Xavier.

Se essa conversa de fato existiu, Gugu errou feio. O programa de casais não obteve o sucesso esperado e a 2ª edição nunca existiu.

Ione (Gazeta)

Lembra desse? Ione Borges era uma espécie de Hebe Camargo dos pobres.

Publicidade

Seu talk show ia ao ar nas noites de quinta-feira na TV Gazeta. Durou três anos, entre 1999 e 2002.  

Fábio Jr. (Record)

As noites de terça-feira eram animadas na Record em 1999, quando estreou o programa “Fábio Jr., Sem Limites para Sonhar”. O cantor apresentava o programa que misturava música e entrevistas.

Tiazinha (Band)

A personagem de Suzana Alves fez tanto sucesso no “H”, de Luciano Huck, que a Band presenteou Tiazinha com um programa só para ela que, óbvio, naufragou.

Agora que leu tudo, comenta se assistiu algum. Se quiser, deixe no comentário programas que não foram citados aqui. Quem sabe fazemos uma segunda lista. #Entretenimento #Famosos #Televisão