O Brasil acaba de perder mais um grande talento, pois morreu na manhã desta quinta-feira (7), no Rio de Janeiro, o ator Guilherme Karan. Ele tinha 58 anos e fez sucesso na TV e no cinema trazendo personagens inesquecíveis. Karan estava internado no Hospital Naval Marcílio Dias, onde enfrentava um difícil tratamento. Ele tinha um problema degenerativo, e isso estava impedindo os seus movimentos. A "Doença de Machado-Joseph" não é muito conhecida entre os brasileiros, mas passou a ser o grande terror da vida do ator.

Foi na "TV Pirata" que Guilherme Karan conseguiu fama em todo o Brasil, arrancando boas gargalhadas do público.

Publicidade
Publicidade

O último trabalho do ator na TV foi na novela "América", grande sucesso global em 2005.

Guilherme Pontes Karan nasceu no dia 8 de outubro de 1957. Seu pai, Alfredo Karan, foi almirante e também ministro da Marinha durante o governo de João Figueiredo. O ator deu vida a vários personagens, mas seu forte mesmo era o humor, e ele revolucionou a forma de fazer diversão na TV.

Em 2005, ele passou por um grande susto, pois sua pochete foi roubada enquanto ele estava dentro de um táxi. Ele se manteve calmo e entregou a pochete tranquilamente, mas o motorista do táxi acabou reagindo e foi assassinado. Karan ficou bem fisicamente, mas com o emocional bastante abalado.

Coincidência ou não, a partir desta época em que ocorreu o assalto, e consequentemente a morte do motorista, os sintomas da doença de Machado Joseph começaram a aparecer.

Publicidade

Essa síndrome degenerativa avançou rápido e logo o ator já se via com grandes dificuldades motoras. O pai de Guilherme revelou que sua esposa tinha esse mesmo problema e o ator havia herdado a doença da mãe, que também morreu devido ao problema. Três irmãos do ator sofreram com a doença de Machado Joseph, sendo que dois já morreram e tem ainda uma irmã, que é a mais nova da família, que também tem enfrentado sérios problema pelo mesmo motivo.

Na #Televisão entre seus grandes trabalhos estão: América, O Clone, Hilda Furacão, Meu Bem Meu Mal, entre outros. No cinema ele fez sucesso também, principalmente em "Super Xuxa contra Baixo Astral", "Xuxa e os Duendes", entre outros filmes.

#Famosos #Novelas