O clima voltou a esquentar nos bastidores de "Velho Chico", novela das 21h da #Rede Globo: o diretor do folhetim e o diretor-geral da emissora carioca, Carlos Henrique Schroder, tiveram uma briga feia, segundo informações da coluna de Leo Dias no jornal O Dia. Luiz Fernando Carvalho teria discutido com Schroder em uma reunião realizada na semana passada, quando foram abordadas questões sobre a audiência do folhetim e o faturamento do mesmo, que estaria abaixo do desejado.

Após o encontro, o diretor da trama assinada por Benedito Ruy Barbosa e Bruno Luperi teria entrado aos berros nos estúdios da atração afirmando que ali funcionava a LF Produções Artísticas e que a Globo era somente uma "ferramenta de trabalho". Além disso, destacou as qualidades do enredo que dirige, afirmando que o mesmo pode ser transmitido em qualquer lugar.

Publicidade
Publicidade

A publicação destaca que o clima no local ficou horrível, especialmente porque Carvalho teria dito que os insatisfeitos poderiam se retirar.

A mesma coluna noticiou no início do ano outra suposta rusga entre os profissionais, quando Carvalho teria disparado que Carlos Henrique Schroder entende de jornalismo, e não de entretenimento. Questionada a respeito, a Comunicação da Globo desmentiu qualquer estremecimento entre os dois. Cabe lembrar, também já foram publicadas na imprensa informações sobre divergências entre Luiz Fernando e Benedito Ruy Barbosa, assim como com Silvio de Abreu - responsável pela Dramaturgia diária da Globo -, que teria dado um ultimato ao diretor: ou ele acatava as mudanças sugeridas ou deixaria o folhetim.

No entanto, ao jornalista Flávio Ricco, Benedito desmentiu qualquer problema com Carvalho e ainda argumentou que nada é feito em sua novela contra sua vontade. Porém, no quesito audiência, apesar de superar as antecessoras, “#Velho Chico” faz feio: a obra quase que diariamente tem números inferiores aos de “Haja Coração” e “Êta Mundo Bom!”, transmitidas em horários menos nobres.

Publicidade

Recém-findada, “Totalmente Demais” chegava a abrir vantagem de até 5 pontos na comparação com a trama das 21h. #Televisão